segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Metas 2018

Fala galera da Finansfera!!!



O ano começou, Janeiro já passou da metade e eu ainda não defini metas a serem seguidas mas esta moleza toda acabou de acabar e aqui vão elas!

Em 2017 eu tracei as seguintes metas, relembrem aqui o post completo:

Deu pra perceber que 2016 foi excelente! Agora em 2017 vou começar com os investimentos no exterior e aumentar pouco as outras posições. As metas não serão tão ousadas.

Ações
Espero aumentar posição em 30% incluindo na carteira uma mineradora e mais alguma coisas que ainda não decidi, precisarei fazer análise e aumentando o percentual em ITUB3. 
Vou tentar relembrar cada ativo o que aconteceu. Em ações eu vendi CMIG4 com lucro, relembre aqui a estratégia. Fiz também um rebalanceamento da carteira vendendo Grendene e comprando Bradesco, relembre aqui

Já na ponta compradora, entraram na carteira ODPV3, BBDC3, ITSA3 e IRBR3, todas com excelentes rendimentos até hoje. Como explicado no post de fechamento de 2017, a carteira de ações no Brasil cresceu 16,99%, ou seja, fiquei abaixo da meta. Não comprei a mineradora e não aumentei o percentual em ITUB3.



TD
Tendo IPCA 2035 acima de 6% eu começo a olhar melhor, passando de 6,2% eu compro e vou seguindo assim durante o ano então a meta será de apenas 25% do que tenho hoje.
Como o TD não passou mais dos 6,2%, não só vendi minhas posições com bom lucro como também não aportei mais. Tenho uns poucos que restaram como um Selic e um que vence em 2020.

FII
Por aqui fico aguardando oportunidades e a meta é aumentar em 40%. Tudo vai depender de como os outros tipos de investimentos vão andar pois eu sempre aporto onde tá mais descontado.
Se em ações não atingi a meta, em FII também não kkkkk. Queria 40% de acréscimo na carteira mas só fiz 28,79%. As oportunidades foram ficando mais escassas e fui aumentando os aportes no exterior como falarei mais a frente.



Debêntures e CRI
Gostei dessa modalidade mas entrei com percentual pequeno pois não tem FGC mas a meta pra este ano será de 50%.
Apesar de ter falado que a meta era aumentar em 50% nesta categoria de ativos, não aumentei nada! Na verdade até achei umas opções legais mas não transferi dinheiro para corretora para comprar então, meta não alcançada de novo 😂.

CDB
Aportei bem em CDB então só aportarei mais se tiver ótimas oportunidades. Meta de 20%.
Adivinhem?! Também não aportei mais 20%. Com as taxas só caindo, desisti de ir colocando cada vez mais em CDB mas já penso novamente em colocar esses 20% ai para 2018, vamos ver as metas.



LCI
O que tenho de LCI é temporário, comprei pouco e com prazo para 180 dias. Lembra a história de comprar outro carro? Então, provavelmente ela morrerá mas talvez não precise e reinvista, mesmo assim a meta será aumentar em 100%.
Comprei outro carro, tirei o dinheiro da LCI e gastei como planejado. Não pretendo aportar em LCI ou LCA nos próximos anos.

Poupança
Valor fixo de 1k em dezembro 2017. Eu chego a 1k e uso, aí começo a colocar lá de novo e fico fazendo isto mas no fim do ano terei que ter 1k.
Ahhhh, até que enfim uma meta batida 😂😂😂.

Investimento internacional
Como venho comentando há alguns meses, este ano começarei os investimentos por lá. Meta de comprar principalmente ETF e algumas ações e quem sabe um ou outro REIT, tudo para deixar para a aposentadoria. Vou comentando mais sobre isso ao longo do ano, acompanham a evolução.
Aqui sim eu mais que dobrei a meta. Tia Dilma ficaria muito orgulhosa de mim 😀. Praticamente 90% da minha capacidade de aporte em 2017 foi para ativos no exterior. Comecei em fevereiro e fechei dezembro com 462% em relação a fevereiro. Isto sim é mais que dobrar a meta hein.
Vejam aqui a evolução dos investimentos no exterior e os rendimentos obtidos.

Além do que tinha previsto para 2017 ainda fiz coisas a mais. Investi muito no exterior, viajei mais do que tinha planejado, comprei um mega carro e ainda adquiri um empreendimento em Gramado na Serra Gaúcha.



Agora vamos ver o que pretendo em 2018

Em 2018 vai ser bem simples. Como os juros, CDI, IPCA, IGPM tá tudo em, baixo e a bolsa tá lá na estratosfera, não pretendo aportar muito não. 2018 vou ficar um pouco de fora nos investimentos (continuarei acompanhando tudo, só não aportarei) e vou direcionar todas as minhas economias em quitar o apartamento que está financiado a uma taxa efetiva total de 7,4%. 



Antes da titia cair da presidência, era bem tranquilo tirar um rendimento que compensasse pagar os juros do financiamento mas hoje com o titio Drácula tá mais difícil, então vou adiantar essa dívida logo e manter o que tenho aplicado.

Mas peraí, não ficarei 100% sem aportes. No Brasil vou aportar todos os juros, dividendos, alugueis e qualquer outro dinheiro que entrar proveniente dos investimentos. Claro que se aparecer uma galinha morta, temperada e cozida como BBAS a 13 reais, eu vou aportar um pouco mas isso pode acontecer só mais próximo das eleições caso alguém de esquerda esteja a frente. Veremos o mercado virar sangue se alguém da cúpula do barbudo estiver na frente.

Já no exterior, ainda tenho um acordo com o tio Trump. Vou aportar 40% do que já tenho lá. 2018 vou dar aquela engordada nos investimentos no exterior para equilibrar a carteira do jeito que quero. Assim diminuo drasticamente minha exposição à economia brasileira.

Enfim, 2018 não teremos grandes emoções na carteira do BPM. Teremos algumas viagens como sempre e a amortização do apartamento, no mais será um marasmo.

Sobre viagens, estou considerando criar um blog de viagens com as respectivas mídias sociais uma vez que tenho muita viagens pra contar, fotos pra postar, videos feitos por mim com GoPro, câmera 360 graus e o mais novo brinquedinho, o drone DJI Mavic Pro.

2017 foi um ano espetacular e só tenho a agradecer. Espero que 2018 corresponda a altura de seu antecessor. Vou ficando por aqui.

Por enquanto é isso pessoal. Deixei uns Eastern eggs durante a postagem (fotos minhas) para que o amigo Termos Reais avalie a qualidade.



Abraço a todos!



Avalie:

14 comentários:

  1. Interessante sua estratégia BPM!

    Talvez eu até a siga. Também estou com um ap financiado. Estou pagando cerca de 7% anuais. É uma ideia mesmo reduzir a alavancagem.

    No exterior mandei uma remessa para lá. Como pretendo ir para a Europa em setembro, os aportes seguintes poderão ser para esse sentido.

    Já aqui, minha carteira receberá aportes mínimos e também ficarei ligado em alguma promoção que o mercado ofereça.

    Sobre montar um novo blog, eu montei outro sobre idiomas mas que talvez não vá para frente. Manter um já dá trabalho, imagina dois. Acho que não tem problema você postar sobre suas viagens aqui. Minha opinião.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IInglês,

      Manter dois blogs dá trabalho sim mas acho que compensa, pois o segundo você consegue corrigir muitos erros do primeiro e deixar ele mais profissional. A plataforma wordpress é bem melhor que a blogger mas fica difícil transferir o BPMilhao pra la, então eu faria outro blog já lá.

      Tem também que um blog de viagens você não precisa de anonimato. Fica até difícil fazer um de viagem no anonimato kkkkk

      Excluir
  2. Adicionei seu blog ao meu blogroll

    Muito bom seu conteúdo, estou devorando tudo!

    Tem me servido de inspiração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom PV,

      Fique a vontade para tirar dúvidas e seja bem vindo por aqui. Vou dar uma passada lá no seu blog.

      Excluir
  3. Fala BPM!

    Se eu tivesse um financiamento, acredito que nesse ano eu focaria também em sua quitação. Tá difícil investir com custos-benefícios atraentes esse ano rsrs

    Belíssimas fotos! E excelente ideia do blog!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. É isso aí BPM.. vamos buscar essas metas de 2018 agora.

    Pois é, quitar o apartamento parece ser o mais adequado esse ano, devido a tantas incertezas.

    Sucesso colega

    ResponderExcluir
  5. Pelo seu texto vejo que está deixando de lado renda fixa pra mergulhar de cabeça em RV. Tudo bem se aguentar as perdas inerentes blza mas veja vem o que está fazendo pra não se arrepender depois. Vejo que seus metas são alteradas com frequencia e pelos seus comentarios no viver de dividendos ta usando a etrategia dele tambien.rapaz, concentra numa e manda bala e para de pular d egalho em galho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Você deve ter entendido errado, não estou abandonando a RF para mergulhar de cabeça na RV. Se olhar na página carteira vai ver que RF ocupa 22% do total. O que acontece é que em momento de juros baixo e CDI a 6,89% eu prefiro aportar em outro lugar.

      Assim: Quando CDI tava 14,14% e ações estavam em baixa, eu comprava RF pra 5 anos e vou manter todas até o final. Quando começou a inverter, eu deixei de comprar RF e recomecei em ações e a decisão foi bem acertada como pode ver nas valorizações da carteira de ações. Se eu tivesse ficado só em RF não teria toda a valorização das ações que tenho hoje juntamente com os dividendos.

      Hoje em ITUB3 eu tô com 50% de lucro sobre o valor da ação sem considerar dividendos, se eu tivesse colocado esse dinheiro em RF com as taxas de hoje, quanto eu teria?

      Não estou usando a estratégia do VDD, você deve ter lido posicionamentos iguais entre nós mas se observar bem vai ver que tenho uma boa porcentagem em ETF e ele sempre critica. Vai ver também que esses dias estávamos debatendo sobre empresa de crescimento e empresa que pagam dividendos e foi aí que surgiu novamente o debate entre ETF e ações.

      Também não pulo de galho em galho, eu faço uma gestão ativa dos meus investimentos aplicando onde acho melhor no momento. Não giro patrimônio, sempre que compro algo é com dinheiro novo.

      O fato de termos investimentos parecidos não quer dizer que um segue a carteira do outro, caso contrário toda a Finansfera iria imitar alguém.

      Enfim, como diz o Mestre dos Dividendos, a estratégia é pessoal, não sigam! Nós apenas relatamos o que estamos fazendo mas nunca é indicação de compra. Me sinto plenamente confortável com minha diversificação e meus investimentos.

      Compartilhe conosco sua estratégia também. Seja sempre bem vindo.

      Abraço!

      Excluir
  6. Cara, péssimo negócio direcionar seus recursos para quitar o financiamento, ainda mais com um CET de 7,4% a.a.

    Invista em ITSA4 (Brasil) ou BRK.B (EUA) que você ganha 3x mais, por ano, nos próximos anos, correndo pouco risco.

    Att., Antônio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Antônio,

      Obrigado pela opinião. Sim, realmente é de se pensar. Eu já tenho um pouco dos dois e estão performando muito bem. ITSA3 tô com preço médio de 9,25 e já passou de 13,50. Berkshire nem lembro bem mas já tô com mais e 22% de valorização.

      Se essas ações recuarem um pouco aí eu com certeza aportarei nelas, apesar que BRK.B não recua tanto assim né.

      Obrigado pelo comentário, apareça sempre por aqui.
      Abraço.

      Excluir
  7. Cara, ultrapassado o risco Lula, a bolsa vai bombar nos próximos anos. Péssimo negócio direcionar os aportes para abater o financiamento, ainda mais com um CET de 7,4% aa.

    Invista em ITSA4 (BR) ou BRK.B (EUA) e seja feliz :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos últimos 10 anos Itaúsa conseguiu ganhar do CDI, realmente é uma ação muito bem gerenciada. Eu comprei pra fazer swing trade mas tá indo tão bem que fiquei com ela kkkkk

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!