Investimentos no exterior

Fala galera da Finansfera!

Aqui vou deixar os links para os posts relacionados somente com investimentos no exterior, assim fica fácil acompanhar e registrar o início, como resolvi fazer, como fiz e a evolução até a atualidade.

Os posts mais acima são mais recentes.





8 comentários:

  1. Bom dia Ja abri conta na IB so falta a transferencia dos valores (10K) Voce divulga sua carteira de investimentos no exterior, BPM?
    Parabens pelo trabalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos,

      Parabéns pelo passo de abrir a conta no IB, é assim que começa.

      Eu divulgo sim, dá uma olhada na página carteira http://www.bpmilhao.com/p/carteira.html que lá tem detalhado os ativos que possuo no exterior e nesta página aqui sempre coloco os assuntos relativos aos investimentos offshore.

      Excluir
  2. Boas,

    Muito bom, quanto conteudo! vou ler tudo. Obrigado por compartilhar BPM

    ResponderExcluir
  3. Olá, estou chegando agora, cheio de dúvidas. Primeiramente, grato pelo conteúdo. E, gostaria de saber o valor mínimo aproximado para ter um investimento lá fora pra receber em dólar, que compense todos os custos e que se obtenha algum lucro? Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja sempre bem vindo Unknown,

      Existem várias manieras de investir no exterior e cada uma delas tem um custo diferente. Vale a pena investir no exterior a partir de 2 mil dólares dependendo do seu objetivo.

      O importante é você planejar sua estratégia de longo prazo, tipo morar fora daqui a 15 anos por exemplo. Nesta estratégia você define em que tipo de ativo quer investir.

      Uma maneira de iniciar é abrindo conta na Drivewealth e enviar o dinheiro via transferwise e ir comprando ações nos EUA. Deste jeito você vai acumulando ativos que paguem dividendos que podem ser usados para comprar mais ativos ainda, após um tempo você terá um valor considerável e a partir de 10 mil dólares já acho interessante migrar para o Interactive Brokers, uma vez que pedem mínimo de 10k Trumps para abrir conta e possui custódia de 10 Trumps que são deduzidos das corretagem nas compras de ativos, ou seja, a corretagem é de 1 Trump então você pode negociar até 10 vezes em ações e só pagará 10 Trumps por mês.

      Para o envio de dinheiro sugiro a transferwise ou o próprio BB. Lembre-se que o te enriquece é sua taxa de poupança aliada ao tempo de investimentos então não adianta se estressar tentando pegar um dólar 3 centavos mais barato amanhã pra trocar 2000 reais.

      Fique a vontade para fazer perguntas, percorra a página de investimentos no exterior e leia também no blog do Viver de Dividendos como abrir conta na Drivewealth, abrindo pelo site dele você o ajuda também.

      Abraço!

      Excluir
  4. (desconsiderar caso esse post saia repetido - tentei fazer essa postagem há pouco, mas acho que deu erro)

    Olá, parabéns pelo blog. Achei muito interessantes os posts sobre investimentos no exterior. Estou também pensando nessa possibilidade, mas ainda tenho sérias dúvidas se a conta fecha. Investindo pela IB tem essa taxa mensal de USD 10, mais os custos com a transferência de fundos. Ainda vi alguns comentários sugerindo também a abertura de uma conta no BB Americas que, salvo engano, também cobra mais USD 10 por mês. Somente com os custos do IB e do BB Américas vc precisaria manter USD 240 por ano em conta só para pagar custos (isso vezes 3,45 dá quase 830 reais por ano). Ou então, investir em bons pagadores de dividendos, mas não sei se USD 10k é suficiente.
    Você tem colocado esses valores na ponta do lápis? Tem valido a pena? Me parece que tudo isso fica um pouco caro para um investimento de USD 10k. Vi que a IB oferece isenções, mas, para isso, tem que ter uma grana violenta investida lá (ou então manter os USD 10k parados em conta).
    Inicialmente eu tinha entendido que também dava para pegar o Mastercard da IB, mas depois vi que é só para residentes nos EUA (e, pelo que eu entendi, há uma restrição na lei americana, de que esse cartão não pode ser emitido para estrangeiro, então acho que isso não vai rolar para brasileiros em algum tempo, como você disse acreditar).
    Eu tenho feito alguns investimentos em ativos estrangeiros por meio de BDR não patrocinados negociados na própria Bovespa. A liquidez ainda é bem ruim, mas já é alguma coisa. Oferece alguma correlação com o ativo lá de fora, mais alguma proteção cambial. E sem custos mensais de custódia, etc.
    Abraços,
    Allan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Allan, obrigado por participar, comentar e trazer excelentes questionamentos. Suas dúvidas provavelmente virarão um post mas já vou responder suas dúvidas aqui.

      A primeira coisa que com tem que definir é seu objetivo. Se for pra investir fora e ficar repatriando dinheiro ou convertendo os valores, aconselho a não investir, pois são mercados diferentes e estratégias diferentes.

      Se pretende viajar bastante ou até mesmo morar fora, então aconselho a investir no exterior mas pense sempre no exterior e não faça comparações com o Brasil.

      Os 10 dólares cobrados pela IB é referente à custódia mas a corretagem de $1 saí deste valor então já é um benefício poder negocias até 10 ordens por mês sem pagar nada a mais que os $10. Já o BBA cobra $10 caso você não deixe $10k na conta então em uma hipótese normal, você gasta sim os $240 por ano. (não converta para real).

      Os DY são variáveis de acordo com o tipo de ação ou REIT. Dê uma olhada neste link para ver as maiores pagadoras de dividendos. http://www.dividend.com/dividend-stocks/high-dividend-yield-stocks/

      Ou seja, com $10k e um DY de 2,4% você já cobre os custos sem falar na valorização da ação. Já com um DY de 6% ao ano, você têm um bom lucro. Não podemos esquecer que temos o imposto de 30% que fica retido então tem que calcular isso também mas de qualquer maneira você fica no lucro.

      Os $10k é somente para começar. Presuma que você vai aumentar este valor com o passar dos anos mas os custos serão os mesmos, praticamente.

      Quando às taxas de transferência, eu não considero, pois se eu quiser enviar dinheiro mesmo que seja pra viajar, terei que pagar e enviando para sua conta do BB você tem um spread bem pequeno.

      Com relação ao Cartão de débito da Master Card, por enquanto eu não quero sacar dinheiro da corretora então não me afeta. Meu projeto é para 10 anos a frente e acredito que até lá já tenha a opção para outros países e mesmo se por acaso não tiver, eu faço uma transferência para o BBA e utilizo meu cartão de débito do banco.

      Não gosto de BDR justamente por não terem liquidez e serem muito limitados. Enquanto você pode ter uma carteira com 50 ativos excelentes pagando dividendos mensais, entre stocks e REIT, pra quê ficar preso à BDR de meia dúzia de empresas.

      Abraço.

      P.S. excluí o comentário anterior pois ví que estava incompleto.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!