Desespero Vs Oportunidades - Offshore - Buscando o primeiro milhão Buscando o primeiro milhão: Desespero Vs Oportunidades - Offshore

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Desespero Vs Oportunidades - Offshore

Fala galera da Finansfera!!!

Um "meteorolouco" com seu windmate tentando obter informações do vento.

O assunto do momento é o furacão que está devastando cidades em vários lugares nas ilhas da América Central e ao sul dos EUA.

Bom, em outras ocasiões eu já havia postado algo sobre desespero VS oportunidades e novamente passo rapidinho aqui pra falar sobre isso.

Primeiramente gostaria de deixar bem claro todas as minhas condolências às pessoas que perderam entes queridos, bens e estão sofrendo com esse fenômeno da natureza. Compactuo muito da solidariedade para com essas pessoas e concito àqueles que podem ajudar de alguma maneira, que ajudem por favor.

Mas, por outro lado, somos investidores e temos que "hablar" sobre oportunidades de investimentos e nessas horas de desesperos surgem algumas boas oportunidades de investimentos.

Lembro bem em Santa Catarina quando teve aquela chuva torrencial, um furacão e muita devastação. Naquela ocasião muitas pessoas estavam dispostas a ajudar e empresas cederam dezenas de caminhões para transporte de alimentos e água. As Forças Armadas estavam atuando diretamente no resgate das pessoas e na distribuição de mantimentos mas ao mesmo tempo contratos estavam sendo assinados em caráter de urgência pelo estado e prefeituras.

Deixando de lado a parte da corrupção da política brasileira e também da americana (sim, se você acha que só no Brasil tem corrupção você está enganado mas isso é assunto pra debate em outro post, ou não) vamos pensar no que poderia ser uma oportunidade de investimento nos EUA neste momento.

Quão não foi minha surpresa a abrir o HB e ver tudo bem verdinho na NYSE, pelo menos nas ações que acompanho. Neste momento empresas de construção, materiais de construção, mantimentos, telhas em específico, setor automobilístico e muito mais, serão acionados para reconstrução de tudo que foi devastado e o melhor, isso tudo em tempo recorde pois é assim que eles fazem.

Eu nem consigo dizer todas as empresas que vão se beneficiar com isso mas com certeza as ações da Wallmart, Sears, Home Depot, 3M, Amazon dentre outras no que tange à construção e mobiliário, tem grandes chances de alta no curto/médio prazo,

A Berkshire que tem uma grande participação em seguradoras deveria sofrer no curto prazo, uma vez que algumas de suas empresas serão acionadas de imediato mas como tio Buffet sempre faz o dever de casa e outras empresas que compões o BRK.A e BRK.B também vão se beneficiar com esse desespero, prevejo que não mudará muita coisa no preço.

Se você já estava de olho em alguma empresa de varejo que fornece material de construção, decoração, reparos ou qualquer coisa nesse ramo, veja se os resultados tem agradado e se as notícias são boas, ou seja, reveja se os fundamentos estão dentro do seu esperado e em estando, pode considerar aumentar posição visando a um aquecimento do mercado no curto prazo.

E você, qual empresa acha que é uma boa oportunidade no período de reconstrução das cidades devastadas pelo furacão?

Por enquanto é isso pessoal.

Abraço a todos!

7 comentários:

  1. Fala BPM

    Aproveitando o ensejo do seu post, gostaria de fazer um adendo sobre o segmento que sofre nestas condições. Quem costuma sofrer mesmo com as catástrofes climáticas são as resseguradoras. Elas assumem o risco de diversas seguradoras tradicionais, sendo tradicionalmente conhecidas por assumir contratos de seguros que se encaixam em duas opções: podem ser muito lucrativos se desastres não acontecerem, podem incorrer em prejuízos se desastres ocorrerem. Foi assim na época do Katrina e em outros tantos desastres climáticos que por lá ocorreram.

    Tudo vai depender do manejo de risco da companhia, ou seja, dos contratos que foram adquiridos e dos respectivos danos ocorridos. O Irma até o momento não ocasionou os danos que a mídia disse que iriam ocorrer.

    Resultado: Aspen Insurance Holdings subiu 9% ontem, Swiss Re subiu 3,5%, Arch Capital Group subiu 2,5% e Everest Re Group subiu 4,5%.

    Abs amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito TR!

      Uma das coisas mais legais aqui na Finansfera são os complementos dos posts.

      As resseguradoras têm essa função de socorrer as seguradoras no caso de precisarmos ser socorridos pelo seguro. Como você bem pontuou, é um ramo bem lucrativo uma vez que sinistros de grande vulto não acontecem toda hora. Não estou falando do seguro daquele seu carro de 400k, isso não afeta a seguradora mas cidades devastadas que precisarão de reconstrução afetam mas também não é todo mês que acontece.

      Fato é que alguns desastres são anunciados e acho que até nisso as resseguradoras já não são mais pegas de surpresa. Como citei Berkshire que teve seu inicio com seguros e hoje é tão diversificada que não deve sofrer tanto com isso.

      Fica a dica, investir em resseguradoras antes de desastras kkkkk.

      Excluir
    2. "ma das coisas mais legais aqui na Finansfera são os complementos dos posts."
      Concordo plenamente, BPM! Quanto mais abordagens sobre um tema, mais enriquecedor é para todos os colegas da finansfera.

      "Não estou falando do seguro daquele seu carro de 400k"
      Ainda bem que tocou neste ponto cara... tô querendo te devolver ele. 4km por Litro não dá pra ser feliz! kkkk

      PS: Acabei de ver que você fez aquele post prometido da viagem. Lá vou eu ficar 50 min preso na frente da tela kkkk

      Abs!!

      Excluir
  2. Lá nos states continua em alta, mas aqui começou a corrigir hoje de manhã, vamos observar.

    ResponderExcluir
  3. Olá BPM

    Postei uma notícia lá no blog esses dias que as ações de seguradoras ligadas à patrimônio estavam tendo forte quedas. Mas acho melhor ainda acompanhar pra ter uma noção dos resultados porque o preju foi grande por lá. Esse furacão já causou um prejuízo maior desastre desde o pos guerra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala VDD,

      Vou procurar essa notícia lá.

      Suas news são ótimas mas em foma de postagem às vezes fica difícil acompanhar porque não tem tecnologia push. Talvez agora que você é Rico (Pense Rico) kkkkk consiga uma maneira melhor de recebermos essas news. Quem sabe usar mais o Twitter?

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!

Twitter

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?