O "segredinho" que seu gerente não te conta na hora de transferir dinheiro do exterior

Fala galera da Finansfera!!!!

Como transferir dólares e aproveitar o melhor câmbio?


Eu já tinha feito aqui um tutorial de como realizar transferência de valores via para o IB via ACH mas hoje vou falar de um "segredinho" que os gerentes de banco não querem te falar quando você precisa realizar uma transferência de valores dos EUA para o Brasil.




É muito simples, basicamente quando a gente realiza a transferência há uma opção se quer transferir em dólares ou em reais e claro que o site já te dá a opção mais vantajosa para o Banco, ou seja, em reais só que a melhor opção para nós é em USD.

Para realizar a transferência vá na opção Transferência Internacional e preencha os dados solicitados. Reparem que a opção está em USD.

Vejam a imagem abaixo:

 

Após o preenchimento dos dados do banco que vai receber os valores aparecerá a opção em BRL.


Quando colocamos os dados do banco já aparece a cotação em reais que no caso é muito baixa. Para realizar a transferência com um spread menor basta mudar novamente esta opção para USD. 

Reparem o spread no momento em que capturei a tela do banco com a tela do site dolarhoje.


Ou seja, praticamente 0,12 por dólar (quase 0,4%). Para cada 10k Trumps o banco fica com uma quantia considerada de Temers! Calma que não acaba por aí, ainda tem IOF de 0,38%.

Quando selecionamos a opção USD o spread é bem menor, tipo 2 a 4 centavos apenas. Não tenho nenhuma imagem aqui pois não fiz transferência e só dá pra saber o valor após a liquidação na conta. Já fiz várias transferências assim e sempre teve spread de 2 a 4 centavos ao invés de 12 centavos.

Mas há um porém nisso tudo. Há uma situação que é melhor transferir em BRL do que em USD, explico. Quando fazemos a transferência em BRL é cobrado apenas o IOF e o câmbio fica sendo o apresentado na hora da transferência ( aquele de 12 centavos a menos) enquanto na transferência em USD além do IOF também é cobrada uma taxa de 40 Trumps independente do valor, então para saber o que é melhor precisamos fazer um cálculo.

Se for pouca grana a ser transferida, o melhor é em BRL mas se for muita, o melhor é em USD. O cálculo é simples. Como o USD tá 3,14 então a taxa será 125,60 Temers, ou seja, é necessário somar isso aos custos. Vamos a um exemplo:

Transferência de 1000 USD a 3,02 ( câmbio do banco) = 3.020
Transferência de 1000 USD a 3,11 ( lembra que falei do spread de 2 a 4 cents? Usei 3) 3.110 - 125,60 (os 40 Trumps de taxa) = 2.984,40 Temers. 

No exemplo acima a melhor maneira de transferir é em BRL. Agora um exemplo de 10k Trumps.

10000 a 3,02 = 30.200
10000 a 3,11 = 31.100 - 125,60 = 30.974,40, ou seja, diferença de 774,4 Temers ou se preferir 246 Trumps! Já imaginou perder 246 Trumps pro banco cada vez que transferir 10k? 

Em movimentações com valores acima de 1,5k Trumps já vale realizar a transferência em USD.

Por enquanto é isso pessoal.

Abraço a todos!



You May Also Like

12 comentários

  1. BPM, valeu amigo.
    Estou em processo de abrir a conta no BB Americas, e eu já estava olhando como transferir o dinheiro para o Brasil. Porém, no meu caso, o dinheiro que estou mandando para o exterior é como "um filho que está indo morar no estrangeiro e não volta mais". Claro que não sabemos o futuro, mas eu vou encarar como dois patrimônios separados. Pensei até mesmo em criar uma Offshore, pois planejo ter volumes bem altos lá fora. Resolvi fazer o combo básico BB-IB para começar logo e não ficar procastinando, ainda mais com dólar a 3.1-3.15.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Soul,

      Julgo ser um excelente momento para mandar dinheiro pra fora com esse câmbio.

      Eu já trato os patrimônios separados, o que está lá fora fica por lá mesmo e só em casos excepcionais eu trago de volta. Como fiquei um tempo no exterior recebendo em dólar, precisei mandar um pouco pro Brasil e foi onde descobri esse segredinho aí mas hoje, o que está lá fora fica lá mesmo.

      A offshore é uma boa opção mas considero que menos de 300k Trumps pode não ser o melhor haja vista algumas taxas anuais a pagar. Vou estudar mais sobre o assunto também.

      Outra coisa a se avaliar acima desse montante são os Trust. Cunha nos ensinou muita coisa kkkk.

      Abraço e se precisar de alguma informação, não hesite em perguntar.

      Excluir
    2. Até o SS desistiu do Brasiu.

      Excluir
    3. Ele vai surfar em novas ondas no exterior

      Excluir
    4. Em um post anterior me pediram para informar sobre abertura de conta no Saxo Bank.
      Abri conta com o Saxo através de um introducing broker no Uruguai, porque, pelo que vi no site, para abrir conta diretamente seria necessário um aporte inicial de 100,000 EUR. Com o broker bastam 5.000 dolares. Além disso tenho um bom atendimento em português.

      A plataforma é excelente,mas os custos são maiores do que no IB. Corretagem de 0,1% em bolsas européias, mas tem ticket mínimo. Na Bolsa de Londres, por exemplo, é de 8 GBP. Taxa de custódia de 0,20 % a.a. com mínimo de 5 USD.
      Abertura de conta é bem fácil. Enviei, por e-mail, cópia do RG, comprovante de residência, foto recente e o contrato impresso e assinado.
      Não há custos para transferência de recursos.
      Espero que as informações sejam úteis.

      Excluir
    5. Boa anônimo!

      Caraca, 100k EUR pra abrir conta??

      Com certeza as informações irão ajudar.

      Excluir
  2. Por que não utilizar Bitcoin, ou Litecoin? Pra fazer o trajeto USA->BR é MUITO vantajoso, pq o BTC brasileiro é um dos mais caros do mundo. Já o caminho inverso não é vantajoso, pelo mesmo motivo.


    Voltei a escrever! se quiser, da uma passadinha lá no meu blog!
    http://enriquecendo.club

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enriquecendo,

      Sim, é uma possibilidade haja vista que o spread entre BR e USA é de até 20% em certos momentos.

      Exatamente agora consultei as cotações e BTC/USD tá 3500 e BTC/BRL tá 13000, considerando um dólar a 3,14 teremos o valor do BTC no Brasil convertido em dólar no valor de 4.140, ou seja, 640 dólares a mais.

      O problema que vejo é a volatilidade. Mesmo sempre tendo esse spread alto, ainda assim tem muita volatilidade.

      Outra coisa a considerar é que você precisa comprar de algum lugar nos EUA. Vai ter que transferir seu dinheiro pra alguma Exchange lá fora, comprar e depois enviar para sua conta e colocar à venda no Brasil.

      Por fim, não sei como declarar isso certinho, você sabe? Se tiver um aumento expressivo de capital entrando na minha conta de qualquer maneira e eu não conseguir justificar será um problema então considero que devemos declarar esse ganho para não termos problemas.

      Abraço!

      Excluir
  3. Olá BPM,

    Realmente precisa de um motivo muito forte para trazer dinheiro pro Brasil.

    O câmbio da volta não é nada vantajoso.

    Eu não pretendo trazer nada de volta.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô contigo II, não tem motivo mesmo. Se precisa de dinheiro no Brasil basta montar uma carteira aqui, o resto manda pra fora.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!

Siga o BPM!