segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Como é calculado o IPCA? Você já calculou sua inflação?

Fala galera da Finansfera!!!


IPCA - Como é calculada a nossa inflação?




Ouvimos muito falar da inflação (IPCA) mas nem sempre sabemos como ela pode nos afetar de verdade. Ouvimos a notícia de que a inflação subiu ou caiu e logo ficamos abismados como isso vai afetar nosso poder econômico mas será que você sabe mesmo como será impactado?

Bom, em investimentos sabemos que o IPCA é largamente usado e neste caso é mais fácil saber como vai impactar pois geralmente é o índice IPCA + alguma coisa então vai ser aquele que a gente vê na TV mais a porcentagem contratada.

Quando se fala na inflação afetando seu dia a dia não é bem assim que acontece. Muitas das vezes ela nem tem um impacto tão grande nas suas finanças como você imagina mas para entender o que quero dizer primeiro vamos ver o que é o índice IPCA.



Sem querer reinventar a roda, segue transcrição do site Portal Brasil onde explica sucintamente o que é o IPCA.

"O IPCA/IBGE foi instituído inicialmente com a finalidade de corrigir as demonstrações financeiras das companhias abertas.O Sistema Nacional de Preços ao Consumidor - SNIPC efetua a produção contínua e sistemática de índices de preços ao consumidor tendo como unidade de coleta estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, concessionária de serviços públicos e domicílios (para levantamento de aluguel e condomínio). A população-objetivo do IPCA abrange as famílias com rendimentos mensais compreendidos entre 1 (hum) e 40 (quarenta) salários-mínimos, qualquer que seja a fonte de rendimentos, e residentes nas áreas urbanas das regiões (isso equivale a aproximadamente 90% das famílias brasileiras). Também são produzidos indexadores com objetivos específicos, como é o caso atualmente do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial - IPCA-E. A partir do mês de maio de 2000, o IBGE, passou também a disponibilizar através da Internet o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 - IPCA-15. Outros índices foram divulgados nos seguintes períodos: Índice de Preços ao Consumidor - IPC (março de 1986 a fevereiro de 1991); Índice de Reajuste de Valores Fiscais - IRVF (junho de 1990 a janeiro de 1991); Índice da Cesta Básica - ICB (agosto de 1990 a janeiro de 1991); Índice de Reajuste do Salário-Mínimo - IRSM (janeiro de 1992 a junho de 1994); Índice Nacional de Preços ao Consumidor Especial - INPC-E (novembro de 1992 a junho de 1994); Índice de Preços ao Consumidor série r - IPC-r (julho de 1994 a junho de 1995).
Abrangência geográfica: Regiões metropolitanas de Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, Brasília e município de Goiânia".

Como podemos ver o índice busca abranger a maior parte da população mas nem sempre você está enquadrado nesses 90% então é interessante calcular seu próprio índice mas para isso vamos detalhar um pouco as categorias calculadas.

Na tabela abaixo podemos ver o peso dos gastos em cada categoria. A tabela mostra o peso dos gastos antes de 2011e após 2012 quando houve uma alteração.


PESO DOS GRUPOS DE PRODUTOS E SERVIÇOS
Tipo de Gasto
Peso % do Gasto
(até 31.12.2011)
Peso % do Gasto
(a partir de 01.01.2012)
Alimentação e bebidas
23,46
23,12
Transportes
18,69
20,54
Habitação
13,25
14,62
Saúde e cuidados pessoais
10,76
11,09
Despesas pessoais
10,54
9,94
Vestuário
6,94
6,67
Comunicação
5,25
4,96
Artigos de residência
3,90
4,69
Educação
7,21
4,37
Total
100,00
100,00


Fazendo sua própria tabela com essas categorias e preenchendo as porcentagens gasta no mês você já terá uma ideia de quanto está próximo ou distante da inflação prevista pelo governo. 

Mas ainda assim podemos ser mais precisos então vamos ver o que entra em cada categoria. Ao todo são 450 itens divididos nessas categorias então veremos que alguns itens aqui nós nunca compramos e outros tem peso maior que previsto pelo governo. 

Segue a tabela da inflação do mês de março de 2017. Fonte Advfn

Para cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 25 de fevereiro a 29 de março de 2017 (referência) com os preços vigentes no período de 31 de janeiro a 24 de fevereiro de 2017 (base).

 Variação mensal de todos os itens que participam da composição do IPCA

Confira abaixo a variação mensal, a variação acumulada anual e a variação acumulada nos últimos doze meses dos preços de todos os produtos e serviços pesquisados pelo IBGE para o cálculo do IPCA de março de 2017.

Mês (%) Ano (%) 12 Meses (%)
ÍNDICE GERAL 0,25 0,96 4,57
1) ALIMENTAÇÃO E BEBIDAS 0,34 0,24 4,04
1.01) ALIMENTAÇÃO NO DOMICÍLIO 0,31 -0,27 3,00
1.01.01) CEREAIS, LEGUMINOSAS E OLEAGINOSAS -2,82 -10,87 7,47
1.01.01.01) ARROZ -1,13 -1,84 10,54
1.01.01.02) FEIJÃO-MULATINHO -4,50 -0,41 62,72
1.01.01.03) FEIJÃO-PRETO -9,11 -20,59 20,02
1.01.01.04) FEIJÃO-MACASSAR (FRADINHO) 1,33 -2,33 35,54
1.01.01.05) FEIJÃO-CARIOCA (RAJADO) -5,59 -30,01 -14,10
1.01.02) FARINHAS, FÉCULAS E MASSAS -0,24 1,77 10,83
1.01.02.01) FARINHA DE ARROZ 0,53 0,22 3,34
1.01.02.02) MACARRÃO -0,19 -0,30 5,45
1.01.02.03) FUBÁ DE MILHO -0,18 -1,16 16,94
1.01.02.04) AMIDO DE MILHO -0,06 0,58 8,90
1.01.02.05) FLOCOS DE MILHO 1,36 0,61 12,69
1.01.02.06) FARINHA DE TRIGO -3,50 -5,49 -4,89
1.01.02.07) FARINHA VITAMINADA -0,16 0,72 9,17
1.01.02.08) FARINHA DE MANDIOCA 0,40 8,71 28,93
1.01.02.09) MASSA SEMIPREPARADA 0,73 1,34 7,04
1.01.03) TUBÉRCULOS, RAÍZES E LEGUMES 6,25 -1,70 -37,76
1.01.03.01) BATATA-INGLESA 5,08 -8,69 -42,14
1.01.03.02) INHAME 2,58 -19,42 -18,40
1.01.03.03) MANDIOCA (AIPIM) -4,35 0,04 6,81
1.01.03.04) ABÓBORA -2,90 -11,01 -26,00
1.01.03.05) PIMENTÃO -2,34 5,00 -27,30
1.01.03.06) QUIABO -8,53 -15,65 -4,71
1.01.03.07) TOMATE 14,47 4,21 -26,92
1.01.03.08) CEBOLA -0,63 -6,04 -51,15
1.01.03.09) CENOURA 6,83 28,94 -45,47
1.01.03.10) MANDIOQUINHA (BATATA-BAROA) -11,80 -25,21 -7,95
1.01.04) AÇÚCARES E DERIVADOS -1,55 -1,40 9,08
1.01.04.01) AÇÚCAR REFINADO -1,65 -2,04 5,06
1.01.04.02) AÇÚCAR CRISTAL -2,19 -2,83 8,70
1.01.04.03) BALAS -2,09 -1,24 5,45
1.01.04.04) CHOCOLATE EM BARRA E BOMBOM -4,19 -2,01 12,61
1.01.04.05) SORVETE 0,81 -0,13 8,83
1.01.04.06) CHOCOLATE E ACHOCOLATADO EM PÓ 0,73 2,30 10,91
1.01.04.07) DOCE FRUTAS EM PASTA -2,10 -4,39 15,23
1.01.05) HORTALIÇAS E VERDURAS 1,32 10,84 -9,08
1.01.05.01) ALFACE 0,50 10,45 -6,53
1.01.05.02) COENTRO 2,40 9,26 -1,11
1.01.05.03) COUVE -2,39 5,03 -12,17
1.01.05.04) COUVE-FLOR 6,48 14,75 -3,87
1.01.05.05) REPOLHO 6,29 14,72 -28,40
1.01.05.06) CHEIRO-VERDE -0,21 10,05 1,26
1.01.05.07) AGRIÃO 2,36 -0,08 -4,05
1.01.05.08) BRÓCOLIS 4,73 16,50 -8,64
1.01.06) FRUTAS 1,39 -0,71 2,35
1.01.06.01) BANANA-DA-TERRA -0,41 -10,65 -1,97
1.01.06.02) ABACAXI -1,04 7,48 -5,40
1.01.06.03) ABACATE -13,67 -49,31 -3,87
1.01.06.04) BANANA-D’AGUA 0,14 -12,68 23,75
1.01.06.05) BANANA-MAÇÃ -5,42 -12,70 16,12
1.01.06.06) BANANA-PRATA 1,82 3,72 4,90
1.01.06.07) LARANJA-BAIA 2,49 4,34 -26,36
1.01.06.08) LIMÃO -8,94 -50,23 -23,23
1.01.06.09) MAÇÃ -7,24 -12,77 -10,78
1.01.06.10) MAMÃO 7,76 -6,45 -30,79
1.01.06.11) MANGA 18,35 29,87 -4,39
1.01.06.12) MARACUJÁ -15,72 -8,49 -32,12
1.01.06.13) MELANCIA 8,52 10,78 -2,88
1.01.06.14) PÊRA -4,04 -8,26 -10,58
1.01.06.15) TANGERINA -1,16 -6,39 38,75
1.01.06.16) UVA 3,73 -4,98 -14,24
1.01.06.17) LARANJA-PÊRA 5,29 21,84 40,25
1.01.06.18) MORANGO 3,11 3,57 -11,33
1.01.06.19) GOIABA 3,15 -1,26 0,35
1.01.07) CARNES -0,96 -1,86 -0,01
1.01.07.01) FÍGADO -2,43 -2,06 3,46
1.01.07.02) CARNE DE PORCO 1,43 2,26 6,09
1.01.07.03) CARNE DE CARNEIRO 2,74 3,48 -12,52
1.01.07.04) CONTRAFILÉ -1,84 -2,65 -1,19
1.01.07.05) FILÉ-MIGNON -2,31 -4,84 -3,80
1.01.07.06) CHÃ DE DENTRO -1,35 -2,59 -1,88
1.01.07.07) ALCATRA -2,83 -3,76 -0,29
1.01.07.08) PATINHO 0,75 -0,58 -1,62
1.01.07.09) LAGARTO REDONDO -1,58 0,86 1,35
1.01.07.10) LAGARTO COMUM -0,78 -3,31 -2,77
1.01.07.11) MÚSCULO -0,83 -1,56 1,84
1.01.07.12) PÁ 1,26 0,65 0,14
1.01.07.13) ACÉM -0,56 -0,76 0,19
1.01.07.14) PEITO -1,81 -7,28 -3,86
1.01.07.15) CAPA DE FILÉ -1,16 -1,03 0,27
1.01.07.16) COSTELA -0,78 -2,21 0,80
1.01.08) PESCADOS 3,43 6,33 9,29
1.01.08.01) PEIXE-ANCHOVA 13,75 16,45 5,57
1.01.08.02) PEIXE-BADEJO -5,61 1,93 -0,19
1.01.08.03) PEIXE-CORVINA 7,77 4,34 -8,60
1.01.08.04) PEIXE-CAVALINHA 1,21 -4,85 -5,70
1.01.08.05) PEIXE 0,75 3,82 9,31
1.01.08.06) PEIXE-SARDINHA -0,81 2,15 15,41
1.01.08.07) CAMARÃO 2,91 8,68 32,81
1.01.08.08) PEIXE-VERMELHO 1,23 7,09 1,01
1.01.08.09) PEIXE-CAVALA 6,40 0,99 3,82
1.01.08.10) PEIXE-PACU 7,35 -1,50 15,84
1.01.08.11) PEIXE-DOURADO 10,81 19,46 8,65
1.01.08.12) PEIXE-CAÇÃO -4,39 -2,66 -5,47
1.01.08.13) PEIXE-MERLUZA 6,46 6,33 11,24
1.01.08.14) PEIXE-SERRA 2,12 2,20 4,27
1.01.08.15) PEIXE-PESCADA 3,82 9,25 2,87
1.01.08.15) CARANGUEJO 1,00 2,37 -1,42
1.01.08.16) PEIXE-CASTANHA -7,07 -3,53 -3,88
1.01.08.17) PEIXE-SALMÃO 1,91 3,91 18,04
1.01.08.18) PEIXE-TILÁPIA 8,43 5,87 13,02
1.01.08.19) PEIXE-TUCUNARÉ 3,81 11,05 6,04
1.01.08.20) PEIXE-DOURADA 3,81 11,69 12,97
1.01.08.21) PEIXE-PEROA -3,79 -4,94 18,26
1.01.08.22) PEIXE-PINTADO 3,96 8,80 19,62
1.01.09) CARNES E PEIXES INDUSTRIALIZADOS -0,26 1,07 5,25
1.01.09.01) PRESUNTO 0,17 1,82 5,84
1.01.09.02) SALSICHA -0,49 2,25 5,82
1.01.09.03) LINGUIÇA -0,59 2,39 7,74
1.01.09.04) MORTADELA 0,66 -0,11 6,91
1.01.09.05) SALAME -2,47 0,40 -4,43
1.01.09.06) CARNE-SECA E DE SOL -0,24 -2,15 -0,28
1.01.09.07) CARNE DE PORCO SALGADA E DEFUMADA -0,05 -0,79 -3,57
1.01.09.08) HAMBÚRGUER -1,49 1,81 11,52
1.01.10) AVES E OVOS 1,17 -1,56 2,06
1.01.10.01) FRANGO INTEIRO -0,50 -4,63 0,58
1.01.10.02) FRANGO EM PEDAÇOS 0,47 -2,35 1,37
1.01.10.03) OVO DE GALINHA 5,86 6,57 6,28
1.01.11) LEITES E DERIVADOS 1,46 1,86 12,49
1.01.11.01) LEITE LONGA VIDA 2,60 3,62 8,80
1.01.11.02) LEITE CONDENSADO -1,29 -2,15 43,35
1.01.11.03) LEITE EM PÓ 0,13 -0,97 22,51
1.01.11.04) QUEIJO 0,45 0,07 11,97
1.01.11.05) CREME DE LEITE 1,50 6,78 41,53
1.01.11.06) IOGURTE E BEBIDAS LÁCTEAS 0,77 1,90 14,47
1.01.11.07) MANTEIGA 2,22 5,63 35,30
1.01.12) PANIFICADOS 0,73 1,17 4,31
1.01.12.01) BISCOITO 0,48 0,03 5,41
1.01.12.02) PÃO FRANCÊS 0,91 1,00 3,26
1.01.12.03) PÃO DOCE 0,48 0,62 4,19
1.01.12.04) PÃO DE FORMA 0,80 3,23 5,09
1.01.12.05) BOLO 0,55 6,14 9,37
1.01.12.06) PÃO DE QUEIJO -0,89 0,62 6,48
1.01.13) ÓLEOS E GORDURAS -0,75 5,95 8,88
1.01.13.01) ÓLEO DE SOJA -1,25 7,43 9,32
1.01.13.02) AZEITE DE OLIVA -1,41 -1,42 0,51
1.01.13.03) MARGARINA 0,36 4,54 9,61
1.01.14) BEBIDAS E INFUSÕES 0,25 1,35 9,01
1.01.14.01) SUCO DE FRUTAS 0,77 -0,41 5,21
1.01.14.02) AÇAÍ (EMULSÃO) 8,47 23,67 -4,31
1.01.14.03) CAFÉ MOÍDO 1,89 5,20 21,42
1.01.14.04) CAFÉ SOLÚVEL -0,38 0,85 6,92
1.01.14.05) CHÁ 0,21 -0,51 -1,23
1.01.14.06) REFRIGERANTE E ÁGUA MINERAL -0,75 0,71 8,19
1.01.14.07) CERVEJA -0,63 -2,08 3,19
1.01.14.08) OUTRAS BEBIDAS ALCOÓLICAS 0,60 0,73 11,16
1.01.15) ENLATADOS E CONSERVAS 0,62 0,62 6,36
1.01.15.01) COCO RALADO 0,09 4,65 10,10
1.01.15.02) ERVILHA EM CONSERVA 0,76 1,88 13,06
1.01.15.03) PALMITO EM CONSERVA 2,52 2,25 4,36
1.01.15.04) PEPINO EM CONSERVA 1,09 -0,39 -5,28
1.01.15.05) SARDINHA EM CONSERVA -0,44 -0,91 3,53
1.01.15.06) SALSICHA EM CONSERVA 1,53 2,51 3,87
1.01.15.07) CARNE EM CONSERVA 2,25 -0,64 8,27
1.01.15.08) PATÊ 0,23 0,94 11,12
1.01.15.09) SOPA DESIDRATADA 1,65 3,21 8,01
1.01.15.10) AZEITONA 0,86 1,28 6,68
1.01.15.11) MILHO-VERDE EM CONSERVA 0,78 -0,01 13,00
1.01.15.12) ATUM EM CONSERVA -0,46 -1,06 4,32
1.01.16) SAL E CONDIMENTOS 0,78 -0,34 -0,13
1.01.16.01) LEITE DE COCO -0,54 13,21 23,63
1.01.16.02) ATOMATADO 0,53 1,29 4,43
1.01.16.03) ALHO 2,36 -3,78 -9,46
1.01.16.04) SAL -0,88 0,07 6,46
1.01.16.05) FERMENTO -0,32 -0,61 -3,47
1.01.16.06) MAIONESE -0,84 -0,53 -5,29
1.01.16.07) VINAGRE 2,02 3,85 6,07
1.01.16.08) CALDO CONCENTRADO 2,14 3,13 13,16
1.01.16.09) TEMPERO MISTO -0,78 0,16 7,37
1.02) ALIMENTAÇÃO FORA DO DOMICÍLIO 0,41 1,22 6,05
1.02.01) ALIMENTAÇÃO FORA DO DOMICÍLIO 0,41 1,22 6,05
1.02.01.01) REFEIÇÃO 0,37 1,22 4,23
1.02.01.02) LANCHE 0,52 1,45 10,36
1.02.01.03) CAFÉ DA MANHÃ -0,67 0,78 10,14
1.02.01.04) REFRIGERANTE E ÁGUA MINERAL 0,63 -0,02 6,97
1.02.01.05) CAFEZINHO 0,71 0,02 10,76
1.02.01.06) CERVEJA 0,42 1,61 5,60
1.02.01.07) OUTRAS BEBIDAS ALCOÓLICAS 0,22 0,05 6,82
1.02.01.08) DOCES 0,53 0,99 5,90

2) ARTIGOS DE RESIDÊNCIA -0,29 -0,21 1,00
2.01) MÓVEIS E UTENSÍLIOS -0,16 0,38 1,77
2.01.01) MOBILIÁRIO -0,44 0,30 -0,64
2.01.01.01) MÓVEL PARA SALA 0,05 0,52 -0,89
2.01.01.02) MÓVEL PARA QUARTO -1,03 0,32 -0,60
2.01.01.03) MÓVEL PARA COPA E COZINHA -0,09 0,69 2,55
2.01.01.04) MÓVEL INFANTIL -1,19 -2,58 -6,31
2.01.01.05) COLCHÃO -0,82 -1,07 -3,87
2.01.02) UTENSÍLIOS E ENFEITES 0,38 0,86 6,45
2.01.02.01) TAPETE 0,65 0,29 5,07
2.01.02.02) CORTINA 0,08 1,75 7,97
2.01.02.03) UTENSÍLIOS DE METAL -0,14 -0,01 2,79
2.01.02.04) UTENSÍLIOS DE VIDRO E LOUÇA -0,46 -0,39 2,21
2.01.02.05) UTENSÍLIOS DE PLÁSTICO 0,12 0,04 4,48
2.01.02.06) FLORES NATURAIS 0,02 0,04 6,69
2.01.02.07) UTENSÍLIOS DIVERSOS 1,19 2,11 11,27
2.01.03) CAMA, MESA E BANHO 0,05 -0,14 4,20
2.01.03.01) ROUPA DE CAMA 0,28 -0,76 4,44
2.01.03.02) ROUPA DE BANHO -0,61 1,67 3,53
2.02) APARELHOS ELETROELETRÔNICOS -0,50 -1,05 -0,18
2.02.01) ELETRODOMÉSTICOS E EQUIPAMENTOS -0,59 -0,08 0,12
2.02.01.01) REFRIGERADOR -0,37 0,84 0,01
2.02.01.02) AR-CONDICIONADO -0,53 -1,26 6,70
2.02.01.03) MÁQUINA DE LAVAR ROUPA -0,16 0,09 0,01
2.02.01.04) LIQUIDIFICADOR -0,12 -2,33 3,67
2.02.01.05) VENTILADOR -1,86 -2,07 1,19
2.02.01.06) FOGÃO -1,05 -1,23 -2,51
2.02.01.07) CHUVEIRO ELÉTRICO -0,43 0,45 4,20
2.02.01.08) FORNO DE MICRO-ONDAS -1,84 -2,35 5,69
2.02.02) TV, SOM E INFORMÁTICA -0,35 -2,49 -0,63
2.02.02.01) TELEVISOR 1,00 0,56 6,77
2.02.02.02) APARELHO DE SOM -0,87 -2,72 -2,16
2.02.02.03) APARELHO DE DVD -0,68 -2,03 0,89
2.02.02.04) ANTENA 0,39 0,27 -1,69
2.02.02.05) MICROCOMPUTADOR -1,05 -4,47 -4,86
2.03) CONSERTOS E MANUTENÇÃO -0,11 0,10 1,85
2.03.01) CONSERTOS E MANUTENÇÃO -0,11 0,10 1,85
2.03.01.01) CONSERTO DE REFRIGERADOR 0,84 1,90 4,56
2.03.01.02) CONSERTO DE TELEVISOR -0,83 0,82 2,01
2.03.01.03) CONSERTO DE APARELHO DE SOM 0,38 -0,42 2,51
2.03.01.04) CONSERTO DE MÁQUINA DE LAVAR ROUPA 0,62 0,03 4,43
2.03.01.05) REFORMA DE ESTOFADO -0,61 -1,15 -0,72
2.03.01.06) MANUTENÇÃO DE MICROCOMPUTADOR -0,15 -2,72 -6,26
3) COMUNICAÇÃO -0,63 0,65 2,74
3.01) COMUNICAÇÃO -0,63 0,65 2,74
3.01.01) COMUNICAÇÃO -0,63 0,65 2,74
3.01.01.01) CORREIO 0,00 0,00 7,95
3.01.01.02) TELEFONE FIXO -2,24 -2,24 -0,84
3.01.01.03) TELEFONE PÚBLICO -0,22 0,21 4,24
3.01.01.04) TELEFONE CELULAR 0,00 2,53 7,71
3.01.01.05) ACESSO À INTERNET 0,00 0,00 0,00
3.01.01.06) APARELHO TELEFÔNICO -1,14 -1,21 -4,08
3.01.01.07) TELEFONE COM INTERNET – PACOTE 0,00 0,00 0,00
3.01.01.08) TV POR ASSINATURA COM INTERNET 0,00 5,52 5,52
4) DESPESAS PESSOAIS 0,52 1,29 6,64
4.01) SERVIÇOS PESSOAIS 0,50 1,31 7,70
4.01.01) SERVIÇOS PESSOAIS 0,50 1,31 7,70
4.01.01.01) COSTUREIRA 0,79 0,58 2,55
4.01.01.02) MANICURE -0,02 0,93 5,30
4.01.01.03) CABELEIREIRO 0,63 0,64 2,92
4.01.01.04) EMPREGADO DOMÉSTICO 0,52 1,58 9,63
4.01.01.05) DEPILAÇÃO -1,20 -0,44 2,34
4.01.01.06) DESPACHANTE -0,14 3,07 5,03
4.01.01.07) SERVIÇO BANCÁRIO 0,52 1,05 7,74
4.01.01.08) CONSELHO DE CLASSE 0,72 2,17 9,84
4.02) RECREAÇÃO, FUMO E FILMES 0,57 1,26 4,99
4.02.01) RECREAÇÃO 0,16 1,10 3,22
4.02.01.01) CINEMA 1,09 1,99 9,05
4.02.01.02) CD E DVD 1,58 2,18 0,15
4.02.01.03) INGRESSO PARA JOGO -4,09 -5,74 -12,27
4.02.01.04) CLUBE 1,60 5,90 8,18
4.02.01.05) INSTRUMENTO MUSICAL -0,19 -1,55 0,98
4.02.01.06) TRATAMENTO DE ANIMAIS 0,70 2,16 7,56
4.02.01.07) BICICLETA 0,56 0,70 3,04
4.02.01.08) ALIMENTO PARA ANIMAIS 0,75 2,48 17,58
4.02.01.09) BRINQUEDO 0,45 0,02 6,47
4.02.01.10) LOCAÇÃO DE DVD 0,22 0,68 1,26
4.02.01.11) BOATE E DANCETERIA -2,10 -0,71 -3,64
4.02.01.12) JOGOS DE AZAR 0,00 0,00 0,00
4.02.01.13) MOTEL 0,52 0,64 1,34
4.02.01.14) HOTEL 0,34 0,47 -6,06
4.02.01.15) EXCURSÃO -0,67 2,03 2,62
4.02.02) FUMO 1,68 1,68 9,92
4.02.02.01) CIGARRO 1,68 1,68 9,92
4.02.03) FOTOGRAFIA E FILMAGEM 1,29 1,23 9,74
4.02.03.01) MÁQUINA FOTOGRÁFICA 0,82 2,25 10,96
4.02.03.02) REVELAÇÃO E CÓPIA 2,10 -0,43 7,76




5) EDUCAÇÃO 0,95 6,35 8,30
5.01) CURSOS, LEITURA E PAPELARIA 0,95 6,35 8,30
5.01.01) CURSOS REGULARES 1,19 8,26 9,28
5.01.01.01) CRECHE 1,36 9,94 12,41
5.01.01.02) EDUCAÇÃO INFANTIL 1,10 10,22 10,33
5.01.01.03) ENSINO FUNDAMENTAL 1,12 10,05 10,18
5.01.01.04) ENSINO MÉDIO 1,38 9,85 9,98
5.01.01.05) ENSINO SUPERIOR 1,51 7,96 9,94
5.01.01.06) PÓS – GRADUAÇÃO -1,11 -0,78 -0,57
5.01.02) LEITURA 0,16 2,88 7,73
5.01.02.01) JORNAL DIÁRIO 0,00 2,92 5,39
5.01.02.02) ASSINATURA DE JORNAL 0,00 -0,13 3,97
5.01.02.03) REVISTA 0,00 3,09 11,65
5.01.02.04) LIVRO 0,63 3,37 5,06
5.01.03) PAPELARIA 1,27 2,06 9,04
5.01.03.01) CADERNO 1,89 1,80 8,67
5.01.03.02) FOTOCÓPIA -0,60 1,41 5,46
5.01.03.03) ARTIGO DE PAPELARIA 1,09 2,33 9,77
5.01.04) CURSOS DIVERSOS 0,45 3,50 4,70
5.01.04.01) CURSO PREPARATÓRIO 0,47 4,62 6,26
5.01.04.02) CURSO TÉCNICO -0,95 -0,52 1,04
5.01.04.03) CURSO DE IDIOMA 0,95 6,23 6,28
5.01.04.04) CURSO DE INFORMÁTICA 1,10 2,34 4,92
5.01.04.05) ATIVIDADES FÍSICAS 0,00 1,24 2,69

6) HABITAÇÃO 1,18 1,59 4,47
6.01) ENCARGOS E MANUTENÇÃO 0,17 0,85 7,30
6.01.01) ALUGUEL E TAXAS 0,16 0,97 8,12
6.01.01.01) ALUGUEL RESIDENCIAL 0,15 0,54 4,47
6.01.01.02) CONDOMÍNIO 0,23 1,71 7,51
6.01.01.03) TAXA DE ÁGUA E ESGOTO 0,12 1,25 18,89
6.01.01.04) MUDANÇA -0,42 2,28 2,13
6.01.02) REPAROS 0,37 1,05 5,66
6.01.02.01) FERRAGENS 0,83 1,15 3,00
6.01.02.02) MATERIAL DE ELETRICIDADE 0,71 2,20 3,04
6.01.02.03) MATERIAL DE PINTURA -0,43 -0,66 2,45
6.01.02.04) VIDRO 0,41 2,03 4,04
6.01.02.05) TINTA -0,27 0,63 5,09
6.01.02.06) REVESTIMENTO DE PISO E PAREDE 1,07 0,34 -0,63
6.01.02.07) CIMENTO -0,92 -1,84 -5,87
6.01.02.08) TIJOLO 0,53 0,44 -0,75
6.01.02.09) MATERIAL HIDRÁULICO -0,96 0,23 0,37
6.01.02.10) MÃO DE OBRA 0,52 1,57 9,25
6.01.02.11) AREIA 0,81 1,32 1,35
6.01.02.12) TELHA 0,92 0,94 0,82
6.01.03) ARTIGOS DE LIMPEZA -0,27 -0,60 5,24
6.01.03.01) ÁGUA SANITÁRIA -0,15 -0,40 4,42
6.01.03.02) DETERGENTE -0,71 -1,42 4,11
6.01.03.03) SABÃO EM PÓ -0,40 -0,97 4,85
6.01.03.04) DESINFETANTE -1,09 -0,90 6,88
6.01.03.05) INSETICIDA 0,36 -0,71 4,10
6.01.03.06) SABÃO EM BARRA 0,46 1,04 7,48
6.01.03.07) ESPONJA DE LIMPEZA 0,28 -0,31 2,85
6.01.03.08) AMACIANTE 0,03 -0,06 6,35
6.02) COMBUSTÍVEIS E ENERGIA 3,52 3,28 -1,37
6.02.01) COMBUSTÍVEIS (DOMÉSTICOS) 1,05 0,97 3,87
6.02.01.01) CARVÃO VEGETAL -1,25 -5,84 -14,97
6.02.01.02) GÁS DE BOTIJÃO 1,13 0,73 3,97
6.02.01.03) GÁS ENCANADO 0,10 5,75 4,46
6.02.02) ENERGIA ELÉTRICA RESIDENCIAL 4,43 4,13 -3,13
6.02.02.01) ENERGIA ELÉTRICA RESIDENCIAL 4,43 4,13 -3,13
7) SAÚDE E CUIDADOS PESSOAIS 0,69 1,90 10,34



7.01) PRODUTOS FARMACÊUTICOS E ÓTICOS 0,39 0,98 11,68
7.01.01) PRODUTOS FARMACÊUTICOS 0,40 1,11 12,76
7.01.01.01) ANTI-INFECCIOSO E ANTIBIÓTICO 0,47 1,82 12,60
7.01.01.02) ANALGÉSICO E ANTITÉRMICO 0,37 1,37 13,19
7.01.01.03) ANTI-INFLAMATÓRIO E ANTIRREUMÁTICO -0,20 0,94 11,88
7.01.01.04) ANTIGRIPAL E ANTITUSSÍGENO -0,14 1,33 12,18
7.01.01.05) DERMATOLÓGICO 0,70 0,83 11,59
7.01.01.06) ANTIALÉRGICO E BRONCODILATADOR 0,83 1,17 14,06
7.01.01.07) GASTROPROTETOR 0,84 1,75 18,26
7.01.01.08) VITAMINA E FORTIFICANTE 1,05 2,48 13,91
7.01.01.09) HORMÔNIO 0,49 0,15 12,58
7.01.01.10) PSICOTRÓPICO E ANOREXÍGENO 1,19 1,45 13,67
7.01.01.11) HIPOTENSOR E HIPOCOLESTEROLEMICO -0,18 0,35 10,65
7.01.01.12) OFTALMOLÓGICO 0,43 2,20 12,27
7.01.02) PRODUTOS ÓTICOS 0,30 -0,61 -0,83
7.01.02.01) ARMAÇÃO DE ÓCULOS 1,25 -1,26 1,67
7.01.02.02) ÓCULOS SEM GRAU -0,11 -1,33 -6,08
7.01.02.03) LENTES DE ÓCULOS E DE CONTATO 0,26 0,06 1,96
7.02) SERVIÇOS DE SAÚDE 0,88 2,71 11,06
7.02.01) SERVIÇOS MÉDICOS E DENTÁRIOS 0,61 1,85 6,54
7.02.01.01) MÉDICO 0,33 1,51 5,69
7.02.01.02) DENTISTA 0,71 2,10 7,49
7.02.01.03) APARELHO ORTODONTICO 1,05 2,53 7,83
7.02.01.04) ARTIGOS ORTOPÉDICOS -0,24 -0,63 9,32
7.02.01.05) FISIOTERAPEUTA 2,06 3,11 7,94
7.02.01.06) PSICÓLOGO 0,38 1,15 3,87
7.02.02) SERVIÇOS LABORATORIAIS E HOSPITALARES 0,28 1,21 5,42
7.02.02.01) EXAME DE LABORATÓRIO 0,76 2,17 4,65
7.02.02.02) HOSPITALIZAÇÃO E CIRURGIA 0,13 0,96 6,06
7.02.02.03) EXAME DE IMAGEM 0,34 1,18 3,79
7.02.03) PLANO DE SAÚDE 1,07 3,23 13,57
7.02.03.01) PLANO DE SAÚDE 1,07 3,23 13,57
7.03) CUIDADOS PESSOAIS 0,71 1,55 7,22
7.03.01) HIGIENE PESSOAL 0,71 1,55 7,22
7.03.01.01) PRODUTO PARA CABELO 0,40 2,06 9,11
7.03.01.02) FRALDA DESCARTÁVEL 0,71 2,58 7,44
7.03.01.03) PRODUTO PARA BARBA -0,43 -0,54 7,26
7.03.01.04) PRODUTO PARA PELE 0,54 1,16 5,94
7.03.01.05) PRODUTO PARA HIGIENE BUCAL -0,01 0,69 8,87
7.03.01.06) PRODUTO PARA UNHAS 1,66 1,72 9,86
7.03.01.07) PERFUME 1,31 1,52 6,88
7.03.01.08) DESODORANTE 0,53 2,35 8,54
7.03.01.09) ABSORVENTE HIGIÊNICO 1,39 0,39 6,15
7.03.01.10) SABONETE 0,80 1,32 8,59
7.03.01.11) PAPEL HIGIÊNICO -0,56 0,15 2,07
7.03.01.12) ARTIGO DE MAQUIAGEM -0,08 4,39 9,98

8) TRANSPORTES -0,86 0,15 1,77
8.01) TRANSPORTES -0,86 0,15 1,77
8.01.01) TRANSPORTE PÚBLICO -0,57 1,63 5,75
8.01.01.01) ÔNIBUS URBANO 0,31 5,57 6,31
8.01.01.02) TÁXI 0,00 0,41 1,08
8.01.01.03) TREM 0,20 2,50 2,50
8.01.01.04) ÔNIBUS INTERMUNICIPAL 0,44 7,04 10,17
8.01.01.05) ÔNIBUS INTERESTADUAL -1,13 -1,14 5,87
8.01.01.06) PASSAGEM AÉREA -9,63 -26,57 -0,85
8.01.01.07) METRÔ 0,00 0,00 2,57
8.01.01.08) TRANSPORTE HIDROVIÁRIO -8,36 -8,36 -5,85
8.01.01.09) TRANSPORTE ESCOLAR 0,53 2,98 3,00
8.01.02) VEÍCULO PRÓPRIO 0,12 0,46 2,39
8.01.02.01) AUTOMÓVEL NOVO 0,01 -0,08 -0,01
8.01.02.02) EMPLACAMENTO E LICENÇA 0,35 1,06 8,55
8.01.02.03) SEGURO VOLUNTÁRIO DE VEÍCULO 0,39 4,66 10,69
8.01.02.04) MULTA 0,00 0,00 54,20
8.01.02.05) ÓLEO LUBRIFICANTE 0,32 -0,52 -0,69
8.01.02.06) ACESSÓRIOS E PEÇAS -0,83 1,19 3,55
8.01.02.07) PNEU 0,37 0,95 -1,33
8.01.02.08) CONSERTO DE AUTOMÓVEL 0,99 0,73 3,20
8.01.02.09) ESTACIONAMENTO 0,13 0,65 2,65
8.01.02.10) PEDÁGIO 0,01 0,14 7,77
8.01.02.11) LUBRIFICAÇÃO E LAVAGEM -0,71 1,20 1,42
8.01.02.12) AUTOMÓVEL USADO -0,80 -0,64 -2,28
8.01.02.13) PINTURA DE VEÍCULO 2,36 2,32 4,09
8.01.02.14) ALUGUEL DE VEÍCULO -3,57 0,23 -1,57
8.01.02.15) MOTOCICLETA -0,39 0,66 4,48
8.01.03) COMBUSTÍVEIS (VEÍCULOS) -2,68 -1,68 -2,61
8.01.03.01) GASOLINA -2,21 -1,59 -2,07
8.01.03.02) ETANOL -5,10 -2,86 -5,88
8.01.03.03) ÓLEO DIESEL -1,38 0,96 1,90
8.01.03.04) GÁS VEICULAR 0,84 2,37 2,72

9) VESTUÁRIO -0,12 -0,61 2,20
9.01) ROUPAS -0,13 -0,89 1,30
9.01.01) ROUPA MASCULINA -0,31 -0,43 3,55
9.01.01.01) CALÇA COMPRIDA MASCULINA -0,50 -0,34 3,82
9.01.01.02) TERNO 0,09 1,98 8,36
9.01.01.03) AGASALHO MASCULINO -0,39 -1,09 -3,74
9.01.01.04) SHORT E BERMUDA MASCULINA -1,28 -1,26 3,05
9.01.01.05) CUECA 0,90 0,41 5,47
9.01.01.06) CAMISA / CAMISETA MASCULINA 0,10 -0,40 3,84
9.01.02) ROUPA FEMININA -0,01 -1,25 -0,05
9.01.02.01) CALÇA COMPRIDA FEMININA -0,64 -0,88 1,89
9.01.02.02) AGASALHO FEMININO 0,19 -1,58 -2,14
9.01.02.03) SAIA 0,20 -0,35 2,65
9.01.02.04) VESTIDO -0,25 -1,98 -3,55
9.01.02.05) BLUSA 0,39 -1,41 -1,63
9.01.02.06) LINGERIE 1,29 0,26 7,84
9.01.02.07) BERMUDA E SHORT FEMININO -1,16 -2,28 0,50
9.01.03) ROUPA INFANTIL -0,06 -0,97 0,13
9.01.03.01) UNIFORME ESCOLAR 0,19 3,04 5,27
9.01.03.02) CALÇA COMPRIDA INFANTIL 2,21 -0,27 1,71
9.01.03.03) AGASALHO INFANTIL 2,04 0,94 3,66
9.01.03.04) VESTIDO INFANTIL -0,66 -1,21 -1,05
9.01.03.05) SHORT E BERMUDA INFANTIL -0,78 -1,37 3,26
9.01.03.06) CAMISA / CAMISETA INFANTIL -0,82 -1,53 -2,04
9.01.03.07) CONJUNTO INFANTIL -1,24 -2,29 -2,55
9.02) CALÇADOS E ACESSÓRIOS -0,06 -0,25 4,46
9.02.01) CALÇADOS E ACESSÓRIOS -0,06 -0,25 4,46
9.02.01.01) SAPATO MASCULINO 0,04 -0,38 1,32
9.02.01.02) SAPATO FEMININO -0,80 -0,70 0,10
9.02.01.03) SAPATO INFANTIL 1,62 -0,40 3,84
9.02.01.04) SANDÁLIA / CHINELO MASCULINO -0,85 -0,69 4,36
9.02.01.05) SANDÁLIA / CHINELO FEMININO -0,20 -3,00 2,77
9.02.01.06) SANDÁLIA / CHINELO INFANTIL -1,00 -0,24 -1,02
9.02.01.07) BOLSA -0,69 -0,56 0,16
9.02.01.08) TÊNIS 0,56 1,68 10,33
9.03) JÓIAS E BIJUTERIAS -0,31 0,15 0,16
9.03.01) JÓIAS E BIJUTERIAS -0,31 0,15 0,16
9.03.01.01) BIJUTERIA -1,15 -1,01 -5,35
9.03.01.02) JÓIA 0,34 1,10 4,24
9.03.01.03) RELÓGIO DE PULSO 0,06 0,10 9,85
9.04) TECIDOS E ARMARINHO -0,45 1,45 5,55
9.04.01) TECIDOS E ARMARINHO -0,45 1,45 5,55
9.04.01.01) TECIDO -0,17 1,48 4,80
9.04.01.02) ARTIGOS DE ARMARINHO 0,10 3,00 10,17
9.04.01.03) ACORTINADO (MOSQUITEIRO) -2,17 -0,70 2,48

É muita coisa não é? Então, neste caso podemos ver para o mês de março o quanto pesou cada item. Quantas vezes você comeu manga no mês? Viram que a manga teve alta de 18%?  Em compensação o maracujá caiu 15%.


Então o ideal é você pegar as coisas que consome no mês e criar seu índice. Se quiser saber realmente a sua inflação, faça isso e quando a tabela mensal com as alterações nas porcentagens for publicada, você atualiza com os itens que consome e veja o quanto custou. Aí sim você poderá falar que a inflação teve um pacto negativo ou não e de quanto foi no seu salário.

Uma pessoa solteira, que mora com os pais e não tem carro sofre uma inflação muito pequena se não ficar comprando feijão carioca (rajado), claro. 

E você, como anda a sua inflação?

Por enquanto é isso pessoal.

Abraço a todos!


Avalie:

19 comentários:

  1. Incrível colega, nunca tinha visto a lista de tudo que eles pesquisam. Grato por chamar atenção, achei bem interessante. Como eu e minha companheira estamos comendo muitas verduras e legumes, dá para notar que houve deflação em muitos desses itens. Se olhar serviços, alguns continuam subindo forte com taxas de dois dígitos.
    Muito interessante mesmo.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Soul!

      A ideia é mostrar que qualquer um pode calcular sua própria inflação e saber qual impacto isto afeta o orçamento familiar.

      Abraço!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Nas contas do governo anonimo kkkkkk.

      Por isso é bom fazer a própria inflação. Anote o quanto paga por mês.

      Excluir
    2. Esse é o resultado de março. A gasolina vinha caindo neste período. o aumento do imposto foi em julho. Pode conferir no site da ANP se quiser, tem a divisão por regiões e por capitais.

      Excluir
    3. Sim ED,

      Isso mesmo, dá pra acompanhar a evolução dos preços por lá. Essas variações são de março.

      Excluir
  3. Caramba! Muito detalhado isso hein? Calcular isso mês a mês deve dar muito trabalho! No meu controle eu sempre comparo a variação dos meus gastos mensais com o IPCA. Assim eu verifico se meus gastos estão variando mais ou menos do que a inflação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Bufunfa,

      É uma maneira de controle mas você pode estar comparando alhos com bugalhos.

      Você faz o comparativo de algo que você usa com algo que você não usa, por exemplo, você anota tudo o que gasta e cria o "Índice Bufunfa de preços detalhados" só que você não consome os 450 itens do IPCA então alguma coisa pode estar no IPCA e pode ter aumentado 30% no mês mas pode não constar do Índice Bufunfa, neste caso o comparativo não fica muito fidedigno.

      Excluir
    2. Esqueci de mencionar que o local em que você mora também afeta demais os preços. No interior várias coisas tendem a ser mais barato por exemplo mão de obra. Conheço pessoas que pagam 500 reais em uma doméstica pra trabalhar 3 vezes por semana e 4 horas por dia, ou seja, trabalha segunda, quarta e sexta a tarde. Já em grandes capitais uma diarista fica difícil de ser encontrada por menos de 150 reais e se você contratar duas vezes por semana, lá se vão 1200 por mês. Uma gigante diferença de 700 reais/mês.

      Excluir
  4. Legal, os índices são importantes, porém o que conta é a inflação pessoal, mesmo, e a "futura".

    A inflação pessoal conta o aumento ou variação no preço de tudo que você consome agora, já que futura é a subida ou queda nos preços de itens que você pretende comprar no futuro e esta guardando par isso.

    A inflação pessoal é muito diferente da real, inclusive é afetada grandemente por pesquisas de preço.

    No meu caso faz 3 anos que meu aluguel não reajusta, pois todos esses anos fiz pesquisa e proposta de manutenção do valor, o quais foram aceitas! Quanto a alimentação, consumo muitos orgânicos e percebi que com a popularização os preços vem caindo... tanto é que nos últimos três anos tenho mantido a inflação pessoal praticamente em 0, pois com o mesmo padrão devida os gastos não estão mudando e nos últimos 12 meses tive uma redução nos gastos, mantendo o mesmo consumo...

    A única dúvida que tenho é quanto ao valor dos bens que pretendo comprar no futuro... entretanto, percebo que sempre há épocas do ano e períodos mais propícios, nos quais os preços tentam a ser menores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida anônimo!

      A inflação pessoa que conta.

      Será que você é meu inquilino kkkkk. Faz dois anos que eu não reajusto o valor do aluguel e minha inquilina tá feliz da vida com isso.

      No caso de compras futuras realmente fica mais difícil pois muitas coisas variam de preço sem uma lógica. Gasolina e energia já mostraram que não precisam de lógica racional para subirem. O governo que, vai lá e dá uma canetada e pronto!

      Alguns bens sobem de preço mesmo. Há dois anos comprei uma TV 3D Smart de 40 polegadas por 1699, um ano depois eu comprei outra TV que não era 3D mas era smart e também de 40 polegadas mas o menor preço de toda internet, com segurança claro, que encontri foi de 1999, ou seja, em um anos subiu mais de 15% e nem posso comparar muito com a anterior pois esta não é 3D.

      Mas, por outro lado sempre tem a época melhor de comprar né. Se morar no calor, deixe pra comprar ar condicionado no inverno.

      Abraço!

      Excluir
  5. ótimo artigo buscando Primeiro milhão.

    Existe ainda outro porém da metodologia do IBGE: "Índice geral de preço", de uma procurada por regiões e você tende encontrar discrepâncias relevantes nos diferentes itens da cesta.

    Como é calculada em cima de uma média sua região pode apresentar inflação maior ou menor em alguns itens da cesta do que as demais regiões.

    Sempre bati nessa tecla que a inflação esta mais associada ao padrão de vida, cada pessoa deve calcular sua própria inflação.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu MD,

      A intenção é mostrar as pessoas a calcularem seus lucros/prejuízos e não seguirem a manada. Estou morando uma temporada no interior e sinto a diferença brutal em alguns itens.

      Alguns hortifruti são muito mais em conta no interior onde o próprio produtor vende.

      Abraço!

      Excluir
  6. Gasolina negativa? Que modafocas! kkkk

    Eu pretendo anotar para criar meu índice. Ultimamente faço meio de cabeça (ou quando guardo as notinhas) O meu percebo deflação em algumas coisas. Já a gasolina...

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IInglês,

      Pois é, no caso da gasolina fica até difícil discutir com o governo né?! Mas... prepare-se para a energia a partir do mês que vem kkkkk

      Abraço!

      Excluir
  7. Po. Tenho comentado em alguns posts de outros blogs que o ideal seria cada um calcular a própria inflação. Acho que o Japa foi um dos primeiros que eu vi fazendo isso. Mas, sempre deixo claro que eu mesmo não faço isso, por pura preguiça haha

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ED,

      A preguiça impera em todos quando se trata de tantos números e tanta precisão kkkk.

      Eu mesmo não faço. Tenho por alta os meus gastos e sei que nem sempre sou tão afetado assim, só quando resolvo viajar por ai :P

      Excluir
  8. "4.02.01.12) JOGOS DE AZAR 0,00"

    Aqui está computado aquele poker com cartas marcadas que rola na tua casa às quartas-feiras? =D

    Brincadeiras a parte, a minha inflação passa longe do IPCA tradicional. Precisaria despender horas pra acompanhar de perto e atualizar isto. Vou contratar uma assistente pessoal com pós em massagem tântrica. Não tenho paciência pra isso não... =D

    Abs amigo e ótimo post!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TR,

      O poker é as quintas, não esquece o 18anos que sempre traz.

      Também não tenho paciência. Sei como faz mas dai eu fazer.... kkkkkk

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!