Fechamento agosto 2018

by - 10:13

Fala galera da Finansfera!!!


E lá se foi o mês do cachorro louco. Agosto, aquele mês de um ano inteiro que não acaba nunca mas pelo menos deixou bons resultados e entre mortos e feridos salvaram-se todos.

A campanha eleitoral no rádio e na TV começou oficialmente, porém nas mídias sociais já ocorre há muito tempo. Vejo muita guerra nas mídias entre os candidatos e quando vejo um debate, ao invés de ver respondida perguntas sobre planos de governos, vejo tentativa de descontrair a imagem do candidato perguntando a ele coisas pessoais. É brincadeira o tipo de debate que fazem com todos os candidatos.

Mas o importante é que mesmo com a instabilidade política a carteira de ativos cresceu bem. O mercado parece estar se sustentando enquanto toda essa guerra política acontece nas mídias sociais. Os investidores parecem estar gostando dos resultados parciais da maioria das pesquisas.


Vamos ao resumo:

  • Ações - Mais um mês no positivo com 1,44% de alta em relação à julho. O destaque positivo no mês foi de BIDI4 com 56,82% e o negativo foi de BBDC3 com -10,26%. Este mês acrescentei umas ações da Itaúsa à carteira.
  • FII - Começo já com a compra de GGRC e de BCRI adicionando à carteira de FII mais alguns alugueis mensais. Quem mais pagou aluguel este mês foi FIGS e quem menos pagou foi EDGA, nada de surpresas né.  
  • TD - Respirando por aparelhos apenas com um IPCA 2020. Teve pagamento de cupom.
  • Poupança - Uma mixaria lá.
  • CDB -   Mantendo o padrão de crescimento lento e gradual.
  • Debêntures e CRI - Mais um mês ratificando que pra viver de renda vale muito a pena ter um percentual nesta categoria.
  • Stocks - Bolha, oi?! Que bolha? Apesar de ainda ouvirmos muito de bolha, a carteira de ações segue crescendo. A alta foi de 6,14% no mês. Destaque positivo para Apple com 19,62% e negativo para Disney com -1,36%. CVS também recuperou bem fechando mês em 16%.
  • ETF - Como já falei em um post este mês, os ETF que tenho não estão acompanhando o rendimento das ações e recuaram -0,73%.  
  • REIT- Os crescimentos dos dividendos estão ótimos. A carteira de REIT cresceu 4,58%  sem considerar dividendos. 


Maiores detalhes sobre a carteira no exterior constarão em www.comoinvestirnoexterior.com
Maiores detalhes sobre a carteira no Brasil na página Carteira.



Vamos à tabela 2018 consolidada até o momento:


Resumindo, agosto foi um bom mês com a carteira total crescendo 3,58%. Um crescimento um pouco menos que mês passado mas muito acima do esperado. Confiram na página Carteira a evolução de cada ativo.

Não deixem de acompanha no novo site as dicas e tutoriais de como investir no exterior. Por lá teremos muitos passo a passo de como abrir contas em bancos, corretoras, como enviar dinheiro para o exterior, comprar ativos, fazer pesquisas de ativos, declarar imposto de renda e muito mais.

Por enquanto é isso pessoal. 

Abraço a todos!







You May Also Like

8 comentários

  1. "Debêntures e CRI - Mais um mês ratificando que pra viver de renda vale muito a pena ter um percentual nesta categoria."

    Por que diz isso? Quanto tá rendendo?

    Parabens pela estratégia. Bem diversificado

    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá KSPOV,

      Digo que vale a pena ter um percentual na categoria de Debêntures e CRI para viver de renda pela constância dos pagamentos e diversificação.

      Não precisa ter todo o dinheiro em uma classe de ativo só, na verdade nem é recomendável, sendo assim vale a pena escolher boas debêntures e bons CRI como o da Rede D'Or que peguei, para, junto aos FII e os dividendos das ações, te proporcionar a renda mensal que precisa.

      Diversificando desse jeito você minimiza os riscos de problemas com as classes de ativos. Os rendimentos variam mas sempre acima de 0,9% ao mês. Em Agosto foi de 1,16%.

      Espero ter explicado.

      Abraço!

      Excluir
    2. Nesse caso das Debentures se corre um risco por não ter o FG, e ainda precisa estudar os fundamentos das empresas. Caso entenda que a empresa tem bons fundamentos, não seria recomendado adquirir ações? Já se torna sócio.

      obs: 0,9% de forma constante. Excelente resultado!!!

      Excluir
    3. Depende da sua estratégia. É a relação risco X retorno.

      A diferença é que algumas debêntures pagam muito bem e regularmente. Você sabe que vai receber aquele valor e pode se programar pra viver com aquela renda.

      Já as ações é impresvisivel neste quesito. Os dividendos nem sempre serão tão redondinhos. Pode ter surpresa tanto positivos quanto negativa.

      No fim vale mais pela diversificação e pelo recebimento mensal, trimestral, semestral ou anual dependendo do tipo de debêntures

      Excluir
  2. BP sempre tive medo de Debêntures, vc já investe a mto tempo nessa modalidade?

    ResponderExcluir
  3. Olá Anônimo,

    Eu invisto há quase 3 anos já. O segredo, como em toda classe de ativos a investir, é escolher bem. Tem Debêntures da rodovia tiête que apresenta problemas no momento e corre o risco de atrasar alguns pagamentos ou renegociar o contrato mas por outro lado tem as da Paranaguá que são um reloginhos.

    Então, desde que não seja uma parte muito grande em sua carteira e desde que diversifique também entre debêntures, vale a pena colocar na carteira.

    ResponderExcluir
  4. Fala BPM,

    Você está com aprox 45% no exterior, né?! Ainda acho muito pro meu caso, mas é o caminho natural que provavelmente vou seguir.
    Vc tá surfando louco esse Bull Market lá fora e ainda mais com deval do pobre BRL! Bela tacada, parabéns.

    Alguém aqui já falou pra vc tirar essa mixaria da poupança?! Hehe
    Sempre penso que a cada ativo que tenho que performa "-X%" que a Selic (ou IPCA+5,8% se preferir), eu terei que ter algum outro ativo que terá que outperformar "+X%" para compensar essa âncora da poupança. É mais pressão para outros ativos.

    Outro pensamento agora. Aparentemente é pouco, mas vc já pensou em zerar logo sua posição em Tesouro 2020? A Duration está bem curta (mais ainda pq paga cupom). Neste caso eu prefiro zerar a posição independente da taxa pactuada e realocar esses seus 1% de recurso ou para caixa (fundo DI) ou algo de mais risco/retorno. Exemplo: vender ele e comprar um de vencimento mais longo para tentar pegar um eventual fechamento de juros longos com B35 ou B50.

    Valeu, peço desculpa se não gostar de pitacos!

    Um abraço e vamos em frente!!

    MDE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é MDE,

      To surfando aquela onde lá mas to na crista e quase caindo né, essa onda talvez esteja no ápice.

      Gostei das colocações. Gosto de ouvir ideias diferentes. A poupança é pouco mas realmente ta lá né. Este mês devo mexer nela.

      Já o TD 2020 estou pensando em zerar e comprar umas ações que estão chegando a preços bons. Itausa tá ficando interessante e Bradesco. Comprar TD pra mim só acima de 6%.

      Abraço.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!

Siga o BPM!