segunda-feira, 5 de março de 2018

Assinatura de Carro 🚗 , Vale a pena?

Fala galera da Finansfera!!!

Para alguns carro é um hobby, para outros apenas um meio de locomoção. Muitas pessoas reclamam que carro não é investimento, outros dizem que é investimento pessoal e você paga também pela liberdade de ir e vir a hora que quiser, onde quiser e com quem quiser. Há também aqueles que preferem o Uber ou até mesmo taxi, diversas são as opinões sobre ter ou não um carro. 
Imagem relacionada


Muito tem-se comentado ultimamente sobre essa nova modalidade lançada pelas locadoras de carro, a assinatura de carro. Estas assinaturas consistem em você pagar um valor por mês e não precisar se preocupar com a compra, venda, IPVA, seguro e manutenção do carro que pretende adquirir.

Algumas locadoras oferecem poucas opções e outras já têm uma grande gama de carros a escolher incluindo os SUV e até os blindados mas será que vale a pena fazer uma assinatura de carros no Brasil?

Pensando se vale a pena ou não fiz uma rápida pesquisa na Porto Seguro, Unidas e Movida. A Movida ficou meio estranho, não entendi muito bem mas vou deixar a imagem aqui.

Porto Seguro

Vamos ver o plano da Porto Seguro para um carro básico.

Podemos ver aqui uma simulação um pouco tendenciosa. No comparativo o site mostra que comprando o carro você terá um gasto de R$ 2.265,94 contra R$ 1890,00 no plano de assinatura deles. A simulação que fiz foi comprando o carro à vista. Reparem que no lado "Ao contratar" eles mostram que você poderá investir o dinheiro do carro e obter R$ 59.666,29 mas eles falam que este rendimento será em 2 anos mas o plano de assinatura simulado é anual. Aqui já podemos perceber uma falha nos cálculos. Logo após temos um demonstrativo dos cálculos, senão vejamos:


Na primeira linha ele cita um valor de entrada que não consegui entender o que quis dizer, uma vez que simulei a compra do carro à vista, ou seja, ele me diz que gastaria R$ 3.466,29 com entrada mas não dei entrada na simulação, engraçado que eles citam "acabei perdendo".

Na segunda fala de gasto com documentação (licenciamento). Ok, este gasto teremos todos os anos ao pagar o IPVA.

Na terceira linha fala de R$ 1.500,00 ao despachante. Alguns lugares cobram caro mesmo mas outros cobram mais baratos. O despachante é algo que se paga quando compra carro, na simulação que estou fazendo, não considero trocar de carro todos os anos, pois quase ninguém faz isso então este custo só existirá no primeiro ano da compra. Considero ficar com um carro por 5 anos.

Na quarta linha cita o IPVA. O valor simulado foi a alíquota de 4%. Alguns estados tem 2 e 3%, ou seja. fica um pouco mais barato.

Na quinta linha cita o seguro. Ok, geralmente vai dar um valor aproximado dependendo do perfil e do estado.

Na sexta linha ele diz que vendeu o carro por R$ 40.338,00, ou seja, uma desvalorização de R$ 15.862,00 ou 28,2% aproximadamente. Olhando a tabela Fipe, podemos ver que o HB 20 1.6 2017 tem preço de referência de R$ 49.868,00, ou seja, mais de 20% acima do que eles colocam no site.


Olhando mais um pouco no site Webmotors, podemos encontrar HB20 1.6 por valores até maiores.


Então vamos fazer uma nova tabela de custo para ter um carro por 12 meses.

  1. Acabei perdendo - Não vou colocar nenhum valor, pois na simulação comprei o carro à vista;
  2. Licenciamento - R$ 181,00;
  3. Paguei o despachante - Vou considerar apenas para o primeiro ano - R$ 1.500,00
  4. Paguei o IPVA - R$ 2.248,00
  5. Fiz o seguro - R$ 2.248,00
  6. Realizei as manutenções R$ 1.686,00
  7. Vendi o carro - Vou considerar a tabela FIPE -R$ 49.868,00 
Total = R$ 14.195,00 / 12 meses = R$ 1.182,92


O plano da Porto Seguro é de R$ 1890,00 que subtraído de R$ 1.182,92 = R$ 707,08, ou seja, crédito de R$ 707,08 mensais ou R$ 8.484,96 em um ano. Este valor aplicado a 0,8% mensais, vai dar em 12 meses o valor de R$ 8.939,38.

Fazendo o plano da Porto Seguro temos que descontar a diferença entre ter o carro ou assinar que será de R$ 707,08 ou seja, o valor inicial que poderá investir será de R$ 56.200,00 - R$ 707,08 e a cada mês vai deduzindo a parcela conforme tabela abaixo.


Podemos observar que no exemplo específico, para o prazo de 12 meses, o dinheiro aplicado renderá R$ 52.899,65 e não R$ 59.666,29 como informado no site. Ainda assim há uma vantagem em assinar o plano, uma vez que se comprar a vista e vender pelo preço da tabela Fipe, venderá por R$ 49.868,00 já o dinheiro aplicado renderá R$ 52.899,65, uma diferença de R$ 3.031,65.

Se continuar fazendo o mesmo cálculo até dois anos como mencionado no exemplo, o valor final aplicado será de R$ 49.268,15. Notem que a diferença de R$ 707,08 puxa o valor pra baixo e um dia pode até zerar. Mesmo fazendo os cálculos em um segundo ano ainda pode ser vantajoso alugar, uma vez que o valor da tabela Fipe será corrigido e o carro deixará de valer R$ 49.868,00.

Neste caso, sem colocar outros valores intrínsecos, emocionais ou qualquer outro tipo de avaliação subjetiva, é mais interessante assinar o plano do que comprar um carro. Claro que eu não li todo o contrato para saber as obrigações de quem assina. Não sei se pode incorrer em outras taxas se alguma clausula for quebrada e não sei se há limite de quilometragem.

Unidas

Não farei todos os cálculos com a Unidas mas olhem um Corolla por quanto sai.




Como mencionei acima, o site da Movida foi o que deu menos informações:

Movida


Conclusão: Deixemos de lado a velha discussão sobre carro ser investimento ou não, pois sabemos que financeiramente não é mas ao ter um carro você compra autonomia e liberdade. Utilizar a assinatura de carro pode ser interessante se não tiver amores por carro e utilizá-lo somente como deslocamento. Você assina, usa e depois troca e se tiver o dinheiro à vista, melhor ainda, deixa lá rendendo para diminuir o impacto da mensalidade.

Caso seja um apaixonado por carro terá que avaliar mudar esta concepção, pois será um carro simples sem personalização. Para uns carro é realmente um hobby. O valor final fica vantajoso em mais ou menos 3k para a simulação acima. Não detalhei a opção do Corolla mas creio que seja nas mesmas proporções.

E você? O que achou da modalidade de assinatura de carro? Venderia seu carro para contratar essa modalidade? Prefere ficar com seu carro por 5 anos e não pagar despachante todos os anos? Seus custos saem mais em conta do que os apresentados? Conte-nos suas ideias.

Por enquanto é isso pessoal.

Abraço a todos!




Avalie:

18 comentários:

  1. Excelente post Bpm. Nao sabia desta possibilidade. Vou dar uma estudada sobre . abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AA40,

      É uma boa oportunidade pra quem vai passar um tempo em algum lugar na aposentadoria, não precisa comprar casa nem carro.

      Faça uma avaliação e depois conte aqui o que achou.

      Excluir
  2. Ótimo post mesmo.
    Poucos sabem disso...
    Acompanhei os precos disso nos últimos anos... pelo menos da porto seguro deu uma bela esticada. Por exemplo... com esse valor do HB20, anos atrás pegaria uma eco sport salvo engano... um Ka, Fiesta, por exemplo... bemmm mais em conta.
    Há casos em q o contrato pode ter opção de compra... nesse caso pode ser bom e ruim... vale a pena prestar atenção...
    Pq aqui o valor pago pode ser deduzido...
    Mas as empresas se negam a fazer isso como deve ser feito, aí deve ingressar com uma ação na justiça (coisa pacífica nos tribunais...)...
    Quem tiver curiosidade vale a pena pesquisar mais..
    abracao

    ResponderExcluir
  3. Poxa BPM, esse post só me mostrou que ganho pouco cara haha

    Bom que mostra que não tenho condições de comprar esses carros. A assinatura já mostra os gastos ocultos que temos com essas belezinhas.

    Ótimo post!

    ResponderExcluir
  4. Uns tempos atrás eu calculei as vantagens e desvantagens tanto financeiras como outras.

    Pelo que lembro, contratar a assinatura seria interessante pra quem troca de carro em até 3 anos de uso. Ou seja, pra quem compra zero e 3 anos depois vende pra comprar outro zero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso que eu estava projetando, já tinha percebido que dois anos ainda era vantajoso mas que a partir do terceiro ano talvez seja melhor comprar.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Esse é outro estudo que depende muito de pessoa pra pessoa. Se andar pouco por mês, valerá mas se rodar muito, não vai valer. Existe um breakeven também.

      Excluir
  6. Fala BPM! Carro é escravidão, não liberdade! Ele exige de vc limpeza, manutenção, mimos, etc. Na verdade, quem gosta mesmo de carro deve alugar mesmo, pois nesse caso, vc pode testar vários carros diferentes, alugar modelos de carros propícios para o que vc vai encarar no momento, etc...

    Mesmo se a simulação desse um pouco acima, acho que o aluguel vale a pena. Só uma consideração aqui: Se vc usar um bom carro com, digamos, mais de 5 anos, a diferença financeira fica muito a favor de ter o carro. Se vc paga à vista, pode pedir um bom desconto e também muda o cálculo. E, se vc aluga eventualmente, tem a chateação de ir na locadora pegar o carro e voltar depois de devolver (o que não ocorre entretanto, se vc "assina" por um mês).

    Enfim, eu escrevi sobre isso um tempo atrás. Se quiser dar uma olhadinha, o link é http://www.viagemlenta.com/2017/08/seu-carro-nao-representa-liberdade-e-sim-escravidao.html

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Show André!

      Li seu post. Muito bom. Realmente é uma situação caso a caso. O problema é que carro tem um valor subjetivo muito grande nas pessoas ainda e vai permanecer por muito tempo. Se formos comparar tudo a ferro e fogo, não teremos carro nem casa mas quais são as principais coisas que os brasileiros procuram ter em suas vidas? Os dois! Carro e casa! Mas por quê? Por causa desse valor subjetivo, da segurança e também do status.

      Conheço cidades pequenas que não possuem transporte público, nem Uber e taxi são aqueles poucos que cobram muito mais caro e não existe taxímetro então, tem que ter carro ou penar a pé ou de bicicleta ou carona.

      Como você mesmo disse, há os dias de chuva, frio, há malas, compras e a quantidade de deslocamentos feitos que compensam ter um carro. Uma família em que a mãe leva os filhos pra escola, depois busca, depois leva no inglês, depois busca, nesse meio tempo vai ao mercado, as vezes leva o marido ao trabalho e busca, ou seja, inviável ir de Uber ou taxi.

      Agora, se eu vivesse em NY ou Londres ou Paris, não teria carro nunca. Já no Texas, tente morar lá sem carro kkkkk

      Abraço !

      Excluir
  7. Pois é, vc viu que depois de eu bater nos carros, explico porque eu ainda tenho um. Cada um deve analisar sua própria situação. A ideia é tirar um pouco dessa subjetividade de nossas escolhas e mudar alguns paradigmas.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi sim, inclusive a parte da moto! Gosto de motos, já tive 5 diferentes e agora estou com um projeto de comprar uma bigtrail pra fazer uma viagem ao sul do Brasil, Uruguai, Argentina e Chile.

      Excluir
    2. Minha maior viagem de motoca foi até Goiás (está no blog também), mas também penso em ir até o Uruguai. Na verdade eu ia esse ano, mas a patroa quis ir para a Europa... Vai ficar para ano que vem rsrsr

      Excluir
  8. Fiz umas contas em relação ao aluguel de um March automático na PS ao valor de 1750 por mês durante 24 meses, eis o resultado:

    Valor de compra de um Zero à vista: 56990 (ou parcelas de 2375/mes)
    Gastos estimados em 2 anos: 9400
    Gastos totais (soma): 66390
    Preço de venda em 2 anos: 44168
    Resultado da venda: -22222

    Aluguel do March: 1750 * 24 = 42000
    Receita aplicação da diferença= 35569 (aplicação mensal de R$ 624, 0,8% a.m.)
    Resultado ao final de 2 anos= -6431

    Como se vê de qualquer forma leva-se uma nabada por ter um carro, mas, se minha estimativa estiver correta, a vantagem impera no aluguel. Repetindo a operação de recompra/realuguel a cada dois anos a vantagem permanece, porém é fundamental manter os aportes, pois, caso contrário a compra é vantajosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por trazer mais uma análise anonimo.

      Não entendi bem a aplicação da diferença. Peguei 624 X 24 com taxa de 0,8 ao mês e me deu valor de 16k aproximadamente.

      De qualquer maneira se for fazer prestação de carro aí nem precisa fazer cálculos. Os juros são enormes.

      Como já previmos aqui, até 3 anos ainda é válido alugar, a partir disso équo pode igualar e dai é só decidir mas todo mundo quer carro novo né.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!