Cielo X Investir no Exterior

by - 11:01

Fala galera da Finansfera!!!

 


Como vocês sabem, criei o blog em 2014 para ir registrando meus pensamentos e minhas estratégias de investimentos. Até quando farei isto eu ainda não sei mas já estamos há mais de 4 anos no ar então, vamos continuando porque tive muito aprendizado nesse período.

Estava relendo alguns posts antigos e achei um de dezembro de 2016 onde falo sobre Cielo e começar a investir no exterior. Legal de ver meu pensamento na época até porque eu gerlamente escrevo aqui sem preparação nenhuma. Eu penso em algo e escrevo como se estivesse batendo papo e assim fiz naquele dia. Se você não leu o post, clique aqui para ler.

Resumindo, na ocasião eu dei um exemplo do que tinha acontecido com Cielo. Em 2016 ela ainda estava indo bem e o governo à época tinha anunciado um reajuste no repasse de dinheiro que afetaria a Cielo e com isso a ação caiu 6% em um único dia e subiu 8% no dia seguinte quando a notícia não se concretizou. Naquele momento Cielo mostrava uma vulnerabilidade assim como várias outras empresas.

Investir no exterior


O interessante é que eu falei bastante de Cielo mas o objetivo mesmo era falar que estava decidido a investir no exterior para fugir dessas alterações à moda canetada que o Brasil tem. Em 2016 o cenário político era outro completamente diferente de hoje e as perspectivas para o futuro eram obscuras.  

Fato é que eu iniciei os investimentos no exterior desde então e aprendi muito até hoje. O motivo pode não ter sido o melhor mas começar a investir no exterior abriu muitas portas para mim. Hoje estou satisfeito com meus rendimentos, minha carteira está crescendo, estudo diariamente sobre investimentos no exterior e o site que criei está indo muito bem com os tutoriais para você aprender a investir fora. Ainda não conhece o site? Acesse www.comoinvestirnoexterior.com e aprenda a investir no exterior hoje mesmo.

Além de ter criado um site para tratar de assuntos de como investir no exterior, também criei um canal no YouTube mostrando a composição e o histórico de algumas ações e REIT. Acesse o canal do YouTube aqui. Pretendo ainda falar mais ainda sobre investimentos no exterior, pois estou estudando bastante sobre isso. Investir no exterior ainda é um tabu no Brasil. Se mal temos um milhão de CPF cadastrados na Bovespa, imagine quantos temos no exterior? Te digo, menos de 50 mil.



Caso Cielo


Eu mantenho Cielo na conta mesmo após mais de 65% de queda. Na verdade fiquei com ela por uma teimosia. Conversava com um amigo e dizia que ia vender porque ela não ia aguentar o tranco da concorrência dentre outras coisas. Esse meu amigo insistia que o caixa era bom e bla bla bla (esse meu amigo é um Bastteriano). Enfim, nessa discussão de Cielo ser boa ou não, acabei ficando com o papel até cair muito.

Mas, como não posso culpar ninguém pelas minhas atitudes, eu quis ficar com esse "prejuízo", (não é prejuízo porque não vendi ainda), para utilizar em ganhos futuros. Como vocês sabem, podemos abater prejuízos com lucros no caso de venda de ações. Como minha carteira praticamente toda é positiva tendo alguns lucros acima de 200% como o caso de IRBR3, resolvi manter Cielo para, o dia que resolver vender algo, utilizar para não pagar imposto.

Também mantive, pois a porcentagem de Cielo na minha carteira é algo em torno de 3%. No cálculo que fiz do retorno do investimento em Cielo não considerei os dividendos recebidos desde que comprei. Se contabilizar, o prejuízo fica em torno de 50%. Bem ruim ainda né galera mas, fazer o que, não se ganha todas.

Confie nas suas análises


Eu já tinha analisado Cielo e quis vender mas acabei me deixando influenciar por conversas com amigos e não vendi. Eu sempre comento que devemos estudar e não investir com base em conversas que ouvimos ou então em vídeos que assistimos por ai. Existem vários canais nas redes sociais com indicações de compra de ativos e muitos "famosinhos" mostrando suas carteiras, o que acaba induzindo as pessoas com menos experiência. Não caiam nessa, estudem!

Até mesmo minhas postagens devem ser questionadas, afinal eu faço minhas análises com base nas minhas premissas e você pode ter outras que requeiram ações diferentes. Hoje eu leio e assisto bastante coisa na internet mas tomo minhas decisões isoladamente sem ser influenciado por A ou B.



Investimentos no Brasil 

 

Apesar de ter falado que pararia de investir no Brasil e somente investiria no exterior, acabei não fazendo exatamente isto. Tivemos uma reviravolta no país com o impeachment da Dilma e recentemente, a eleição de Bolsonaro. O país entrou em uma expectativa de melhora significativa e a Bovespa começou a disparar. Passamos dos 100 mil pontos e as perspectivas de subir até os 120 mil pontos são grandes se a reforma da previdência passar. 

Após minha "revolta" em 2016 ainda comprei muita coisa no Brasil. Maior destaque para IRBR3 que comprei no IPO em fevereiro de 2017 e mantenho até hoje com rendimentos acima de 220% e BIDI4 que também comprei no IPO mas vendi com aproximadamente 100% de lucro. Ainda aumentei posição em Bancos como Itaú e Bradesco além de Itaúsa e BB Seguridade. Olhando o gráfico da minha carteira em dezembro de 2016 e maio de 2019, podemos perceber que se tivesse parado de investir no Brasil teria perdido algumas boas oportunidades, sem falar nos FII que comprei nesse período.

O mercado brasileiro é promissor e ainda oferece boas condições de ganhos. Ainda estou abrindo posições em outras empresas como EGIE e Fleury. Mais umas 5 estão no meu radar. Os dividendos no Brasil são baixos em relação ao exterior (em porcentagens) mas o crescimento tem sido bom. De qualquer maneira equilibro minha carteira com os ativos no exterior.

Conclusão


Tive um dia de fúria em 2016 onde fiquei revoltado com notícias que impactam o mercado e resolvi iniciar de vez os investimentos no exterior. Estava errado em ficar revoltado mas estava certo em iniciar no exterior. Relendo, hoje, o que escrevi naquela época, vejo que fui um pouco intempestivo mas que essa atitude me levou a algo bom.

De lição fica que: Não podemos decidir nada por influência alheia; não adianta ficar nervoso com decisões do governo e que investir no exterior é bom e rentável. Fica a dica para vocês registrarem certos momentos e no futuro, olhar para trás e ver se a decisão que tomaram estava certa ou errada. Importante é não ter compromisso com o erro.

Abraço a todos!

 

You May Also Like

3 comentários

  1. "Preço não importa" - maior bobagem isso.
    Lá no site do cão maluco, os foristas repetem esse mantra, mas ninguém lá compra um terreno, carro, ou imóvel sem negociar o preço.
    kkkkk
    Muita infantilidade daquela turma. Querem seguir tudo que o bastter faz. Lá, por exemplo, é praticamente pecado conversar com pessoas. kkkkk Povo bitolado demais,
    Uso as informações do site, pois são muito bons os quadros, mas os mantras do site tô foraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Anonimo, você sabe extrair o que tem de bom. O site tem boas informações mas não da pra interagir com ele.

      Excluir
  2. Homem dos 18 aos 30 não deve ir atrás de mulher e sim focar em si mesmo?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!