Investir no Índice Bovespa é bom ou ruim?

Fala galera da Finansfera!!!

Investir no índice Bovespa é bom ou ruim?





Quando falamos em investir em ações no longo prazo não significa pegar o índice Bovespa e fazer um cálculo de quanto teria rendido caso tivéssemos comprado há 10 anos, até porque ninguém compra todos os papéis que estão no índice. 

Como bem falou o Aposente aos 40 em sua séria sobre a TSR4, muitas empresas que estavam listadas há 20 anos não existem mais e assim fica difícil fazer um comparativo com o índice IBov. 

Quando falamos em investir em ações no longo prazo, temos que ter em mente o nosso próprio índice. Assim como o índice IPCA, que é a inflação, é repleto de itens que não consumímos, o Ibov é repleto de ações que não temos vontade nenhuma de comprar. 

IPCA (Inflação)

O IPCA mede a corrosão no seu poder de compra, ou seja, quanto mais inflação, menos poder de compra você tem. No caso da inflação também devemos fazer nosso índice pegando os principais itens de consumo rotineiros como escola, luz, alimentação, combustível e outras e assim ver o impacto no nosso custo de vida. 

Se você tem dois filhos na escola, dois carros em casa e mora em uma região de muito frio onde precisa de aquecedor a maior parte do tempo, sua inflacão será  muito maior do que de alguém que não tenha filhos e more com os pais. Você sabia que no índice IPCA entra até jogos de azar?  Se não sabe como é calculado o IPCA, dê uma olhada neste post

Índice de ações?

O índice Bovespa tem hoje 65 ações. Muitas dessas ações são conhecidas do nosso dia a dia e algumas tem participação grande no índice como a VALE3 que tem 12,23% mas de outro lado, algumas são bem pequenas como a Ecorodovias com 0,113% de participação. 

As 5 maiores participações somam sozinhas 44,16% do índice Bovespa, são elas em ordem decrescente: VALE3, ITUB4, PETR4, BBDC3 e PETR3, ou seja, se você não investe nessas, seu resultado será bem diferente do IBov. 

Já na outra ponta 39 ações não compõe 1% cada. A quadragésima ação que é a CIEL3 tem 1,002%, ou seja, todas as outras abaixo dela são zero vírgula alguma coisa. A soma das 39 menores é de 20,65%. 

Quando falamos em investir em ações no longo prazo estamos na verdade falando em escolher ações que encaixem no seu perfil ao longo do tempo mas não necessariamente precisa ficar com o mesmo ativo por 10 anos. 

 Como você vive a vida? Frugalidade ou equilíbrio?


Devemos ficar comprado em um papel somente se ele atender aos fundamentos, se perder os fundamentos a gente vende mas acaba comprando outro papel melhor no momento. Eu uma vez vendi Grendene para comprar Bradesco e agora que Grendene chegou a um preço que eu acho justo pagar por ela, estou recomprando.

Desta maneira estaremos de certo modo aproveitando o que tem de melhor no momento. Por exemplo: Bancos no Brasil sempre deram excelentes lucros então vamos pegar os dois maiores privados, Itaú e Bradesco. 
Quem investe em um desses dois bancos pode ter a certeza de estar sempre lucrando no longo prazo vide o gráfico abaixo. 


Gráfico de 10 anos de BBDC3. Reparem que há aproximadamente 10 anos ela valia R$ 6,00 e de lá pra cá sempre pagou dividendos e bonificações.





Gráfico de 10 anos de ITUB3. De igual maneira ao Bradesco, já custou R$ 8,00 e de lá pra cá também sempre pagou bons dividendos.

Se a cada ciclo de baixa tivéssemos comprado mais ações, aumentaríamos a posição e consequentemente o aumento de dividendos, subscrição e bonificações ao longo do tempo. É exatamente nessas horas que devemos aumentar a posição e fortalecer a carteira. Vem daí a maior parte de ganhos com ações no longo prazo. 

Reparem no ganho de capital de quem comprou a ação há 10 anos. Neste estudo não estou considerando os dividendos, subscrições nem bonificações. Se considerarmos somente o índice Bovespa, não estaremos considerando esta gestão ativa. Também temos que considerar vender ativos caso eles percam os fundamentos. Mas cuidado para não girar a carteira e acabar derretendo parte do seu patrimônio, tem que ser uma estratégia segura e precisa paciência para executá-la.

Fazendo essa gestão ativa podemos dar um grande up na carteira no longo prazo. 



Caso da Cielo.

Cielo é uma empresa que dominava o mercado. Era praticamente um duopólio sobre o pagamento com cartão de crédito nas lojas e a Cielo era a número um. Mas como a livre concorrência é uma maravilha, o Banco central resolveu permitir que outras empresas explorassem o mercado e com isto outras Fintechs iniciaram no ramo. Hoje temos Stelo, que foi comprada pela Cielo recentemente, Stone, Rede dentre outras.

Cielo dominava o mercado e agora perdeu mais de 50% no preço de suas ações. Uma análise um pouco mais apurada, na minha visão, posso fazer em outro post mas em resumo já adianto que não creio que ela retorne ao patamar anterior devido às grandes concorrentes. Hoje ainda mantenho Cielo até o próximo balanço pra ver se ela se recuperou mas se não houver boas perspectivas no médio prazo, vou vender o papel com prejuízo e entrar em outro que estiver melhor no momento.

Já viu o impacto que Cielo está fazendo na minha carteira? Clique aqui e veja a performance dos ativos.

Índice BPM

O índice BPM tem aproximadamente 3 anos e meio e nesse meio tempo eu fui aumentando a posição em algumas ações, adicionei outras à carteira e vendi somente duas, Cemig e Grendene. Com isso posso fazer uma análise se meu índice bate o Ibov ou não. Posso comparar com meu próprio índice de renda fixa atrelada ao CDI ou ao IPCA pois tenho diferentes títulos em minha carteira.

Mas devo dizer que eu não fico fazendo comparações com esses índices. Eu invisto por conta própria, vejo meus rendimento mas não fico comparando pra saber se bati ou não o CDI, pois se for pra pensar que teria sido melhor investir no CDI do que o que estou fazendo, melhor não me estressar em estudar e escrever.

Conclusão

Estude bastante e crie suas premissas. Invista em ativos que te deixe dormir confortavelmente sem a neurose de ficar olhando se o preço caiu 3% ou mais. Tenha em mente que o investimento em ações é para longo prazo e ficar olhando os índices não vai te trazer um reflexo real da sua carteira. Faça seus investimentos de modo ativo, caso uma ação deixe de ser interessante, venda! 

Não se fixe em rendimentos do índice Bovespa, atenha-se ao seu índice que pode ser melhor ou até mesmo pior que o IBov, no entanto é a sua realidade. 

Por enquanto é isso pessoal.

Abraço a todos!




You May Also Like

16 comentários

  1. Muito bom BPM. Obrigado pelo link. Fiquei curioso para ver mais do índice BPM e também estou vendo o que faço com meu fundo BB Cielo pq dá osso viu. Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AA40,

      O índice BPM vai bem mas não fiz comparativo com a renda fixa porque, como falei, não acho interessante e também vai dar um trabalho danado 😂.

      Mas como você pode ver na página carteira, apenas Cielo e BB seguridade estão no vermelho, apesar que essa alta da semana levantou BBSE e já não está mais no vermelho praticamente, pois ali não considera os dividendos recebidos.

      Quanto à CIEL3, estou aguardando o próximo balanço. Acredito que venha bem. Vou esperar passar as festas de fim de ano pra decidir o que faço. Ela resolveu pagar dividendos trimestrais pra tentar segurar o investidor e acaba que retorna um pouco pra gente diminuindo o prejuízo mas se a cotação continuar caindo 10% ao mês, de nada adianta.

      Fiquemos de olho.

      Abraço.

      Excluir
  2. "Quando falamos em investir em ações no longo prazo não significa pegar o índice Bovespa e fazer um cálculo de quanto teria rendido caso tivéssemos comprado há 10 anos, até porque ninguém compra todos os papéis que estão no índice. "

    Isso poderia ser verdade no passado bem distante. Mas já há muitos anos existem ETFs disponiveis que replicam o índice, entao é sim possivel comprar uma réplica do índice pra manter em carteira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Anonimo,

      Neste caso você está certo. Mesmo com posições um pouco diferentes, o EWZ replica o IBov. Mas pouquíssimas pessoas no Brasil compram EWZ pra replicar a Bovespa.

      De qualquer forma, para estes, sim, vai se enquadrar os rendimentos para comparar com a renda fixa.

      Abraço.

      Excluir
  3. "Se a cada ciclo de baixa tivéssemos comprado mais ações, aumentaríamos a posição e consequentemente o aumento de dividendos, subscrição e bonificações ao longo do tempo"

    Como saber a hora de comprar??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quando todos estiverem vendendo - Warren Buffet

      Excluir
    2. Kspov,

      Com análise e experiência você consegue identificar padrões de altos e baixos. Na verdade não existe uma regra, a regra é aquela te deixar dormir bem. Tem gente que investe em bitcoin e está dormindo bem e tem gente que não dorme bem com dinheiro em RF.

      Vou dar um exemplo: BBDC3 é um bom papel e nas minhas premissas, ela abaixo de 26 é uma excelente oportunidade enquanto mantém os fundamentos. Meu preço médio acho que tá em 25 alguma coisa é sempre que cai abaixo disso, eu compro mais. Mas ela já custou 38 reais e nessa época eu não comprei nada. Lembrando que já pagou bons dividendos e uma bonificação de 10% nas ações.

      Então é nesse tipo de conhecimento e estratégia que eu digo que quando cair, comprar mais.

      Outro exemplo é Itausa. Já custou 15 e chegou abaixo de 10. Nessa hora eu aumento posição e também pagou bonificação além de dividendos.

      Outro exemplo mas não tão bom é a Cielo. Comprei enquanto ela era bam bam bam, recebo dividendos até hoje mas ela está em quarentena por causa das minhas premissas, ou seja, se o próximo balanço após o Natal não for bom, provavelmente venderei. Neste caso não é vantagem aumentar posição na empresa por ter caído, pois os fundamentos atuais não me agradam.

      Excluir
  4. Eu compro as ações do índice IDIV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lesso,

      Não conheço esse. Dei uma rápida olhada na página deles e ví que paga quase 1% ao mês. Pode explicar pra gente como funciona?

      Excluir
  5. Investir em IBOV é pessimo pois parte dele é composto de empresas lixos. Ou seja, parte da sua grana será simplesmente rasgada.

    Com relação a CIELO, será que haveria esse drama todo se a cotação estivesse subindo? Duvido. Os balanços dela ainda estão muito bons.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cielo tá um mistério. Vamos ter que aguardar o próximo balanço pra ver como se comporta. O Sr. Mercado só bate nela.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, colabore com a comunidade rumo à independência financeira!

Siga o BPM!